Porto Velho (RO) sábado, 20 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Futebol - Madri aumenta segurança para a final da Libertadores neste domingo


Futebol - Madri aumenta segurança para a final da Libertadores neste domingo - Gente de Opinião

Após a violência ocorrida antes da patida final da Libertadotres, em Buenos Aires, River Plate e Boca Juniors se enfrentam hoje (9), às 17h30 (de Brasília), no estádio Santiago Bernabéu, em Madri. É a primeira vez que a Taça Libertadores terá jogo disputado em território europeu. A medida foi adotada pela Comenbol, por questão de segurança, depois que o ônibus com os atletas do Boca foi apedrejado por torcedores do River há 15 dias.

Temendo episódios de violência, o governo espanhol disponibilizou cerca de 4 mil policiais entre agentes públicos e privados. Em Madri, na véspera do jogo deste domingo, torcedores do Boca e River escolheram locais distintos para se reunir a fim de assistir à partida de logo mais.

A diretoria do River tentou evitar a transferência do jogo para a capital esánhola, alegando que se a decisão fosse no Monumental, na capital argentina, as arquibancadas estariam ocupadas apenas por seus torcedores, como ocorreu no primeiro jogo da final na Bombonera. Segundo eles, com a mudança para Madri, as duas torcidas vão dividirão as arquibancadas do Bernabéu. Para os diretores, a presença da torcida do Boca é uma vantagem concedida ao clube adversário.

Já os drietores do Boca chegaram a sinalizar que a sua equipe não disputaria a final em Madri. Eles reivindicavam que o arquirrival fosse desclassificado como punição pela violência contra seus jogadores. O técnico Guillermo Barros Schelotto, por exemplo, fez discurso duro contra o episódio que gerou a decisão do torneio para um país europeu.

A expectativa é que o Boca entre em campo com a formação anterior, com Sebastián Villa e Ramón Ábila no setor ofensivo.

Prováveis escalações:

River Plate: Armani; Montiel, Martínez Cuarta, Maidana, Pinola e Casco; Palacios, Ponzio, Pérez e Pity Martínez; Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo.

Boca Juniors: Andrada; Jara, Izquierdoz, Magallán e Olaza; Nández, Barrios e Pérez; Villa, Pavón e Ábila. Técnico: Guillermo Barros Schelotto.

Árbitro da partida: Andrés Cunha (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Nicolás Tarán e Mauricio Espinosa.


*Com informações da Agência EFE.

Mais Sobre Esporte

Rondônia é campeã no Acre

Rondônia é campeã no Acre

Luís Antônio, xadrezista da XPGA IMA e Paulo Henrique, atleta do Colégio Classe A, foram os dois melhores rondonienses no Torneio U2000 na categoria

Deputado Alex Silva garante emenda para o Esporte de Porto Velho

Deputado Alex Silva garante emenda para o Esporte de Porto Velho

Ao visitar a obra de reforma do Ginásio Eduardo Lima e Silva executada de forma integrada pela Semes, Suop, Emdur, Sema e Semusb, o deputado estadua

Prefeitura assegura área do Campo do 13 de Setembro à comunidade

Prefeitura assegura área do Campo do 13 de Setembro à comunidade

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur) e da, Secretaria Municipal de

Ginasta Rondoniense fica entre as 10 melhores no Campeonato Brasileiro de Ginastica Rítmica

Ginasta Rondoniense fica entre as 10 melhores no Campeonato Brasileiro de Ginastica Rítmica

Maria Eduarda, ginasta da equipe de ginastica rítmica de Rondônia, participou do Campeonato Brasileiro de Ginástica Rítmica, que aconteceu na Arena