Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Fraga: Globo investiga a Globo e conclui que é inocente


Gente de Opinião

247 - O jornalista Domingos Fraga, colunista do portal R7, escreve nesta quarta-feira, 15, que "até a grama velha de guerra do estádio do Olaria" sabe que a Globo foi a parceira fundamental para que a CBF transformasse o futebol brasileiro no que ele é hoje.

O jornalista diz que o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira e o presidente da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto, o homem encarregado pela Globo de negociar os direitos esportivos, "eram a mesma pessoa em corpos separados". 

"Quando Teixeira ruiu, a Globo continuou fazendo da CBF o seu parque de diversões. José Maria Marin e Marco Polo Del Nero corruptos eram, e corruptos continuaram, como as investigações do FBI mostraram", afima. 

Leia, abaixo, o artigo de Domingo Fraga: 

A Globo e a corrupção no mundo do futebol

Por Domingo Fraga

Depois de uma investigação interna profunda, que consumiu mais de dois anos de trabalho árduo, o grupo J&F tomou de assalto, ontem, o noticiário dos principais telejornais do País, para esclarecer, definitivamente, se alguma dúvida ainda persistisse, que Joesley e Wesley Batista nunca participaram de qualquer negociata para comprar a quase totalidade do mundo político brasileiro. E também em apuração própria, levada a cabo sob um rigor extremado, os irmãos garantiram que nunca contrataram Roberto Carlos para propagandear a excelência da carne que vendem.

O que a Globo fez ontem é muito parecido com isso.

Com a indignação pulsando a cada palavra e o olhar de quem voi vítima da mais vil de todas as vilanias, seus jornalistas leram uma nota da empresa negando, veementemente, o pagamento de propina a qualquer dirigente esportivo.

Explicando melhor para quem não sabe o que se passa : o empresário argentino Alejandro Buzarco, até ontem todo-poderoso dirigente da companhia de marketing Torneos y Competencias denunciou, em Nova Iorque, no julgamento que apura a corrupção na Fifa, que a TV Globo e outros grupos de mídia da América Latina pagaram suborno para ter direito exclusivo sobre transmissão de jogos de futebol, e a emissora, no Brasil, simplesmente, soltou um comunicado atestando que "em suas amplas investigações internas, apurou que jamais realizou pagamentos que não os previstos nos contratos".

Então, é assim: a Globo investigou a própria Globo, e concluiu que é inocente.

Pode até ser, mas é como se Eduardo Cunha apurasse desvios em suas ações.

Mesmo que não tenha pago propina, até a grama velha de guerra do estádio do Olaria, no Rio de Janeiro, sabe que a Globo foi a parceira fundamental para que a CBF transformasse o futebol brasileiro no que ele é hoje. Durante décadas fez o que quis com o calendário, mudou o hábito de dezenas de milhões de torcedores, sempre em busca dos seus interesses.

Enquanto Ricardo Teixeira esteve no topo da cadeia alimentar que devastou o futebol brasileiro, sempre foi paparicado pela Globo, mesmo com todas as denúncias de corrupção contra ele. Ficou célebre uma entrevista dada por ele à revista Piauí, onde diz que só iria se preocupar com a polícia batendo à porta, caso aparecesse no Jornal Nacional.

Nunca se ouviu uma crítica mais forte de Galvão Bueno sobre os desmandos que todos conheciam.

Teixeira e Marcelo Campos Pinto, o homem encarregado pela Globo de negociar os direitos esportivos, eram a mesma pessoa em corpos separados. Aqui, um lembrete: Marcelo foi escanteado da emissora no exato momento em que o FBI começou a invesigar a podridão da Fifa. Mas uma investigação interna da emissora deverá esclarecer, com certeza, a coincidência.

Quando Teixeira ruiu, a Globo continuou fazendo da CBF o seu parque de diversões. José Maria Marin e Marco Polo Del Nero corruptos eram, e corruptos continuaram, como as investigações do FBI mostraram.

A nota da Globo diz que ela não tem nada a ver com essa roubalheira: "Sobre depoimento ocorrido em Nova York, no julgamento do caso Fifa pela Justiça dos Estados Unidos, o Grupo Globo afirma veementemente que não pratica nem tolera qualquer pagamento de propina. Esclarece que após mais de dois anos de investigação não é parte nos processos que correm na justiça americana. Em suas amplas investigações internas, apurou que jamais realizou pagamentos que não os previstos nos contratos. Por outro lado, o Grupo Globo se colocará plenamente à disposição das autoridades americanas para que tudo seja esclarecido. Para a Globo, isso é uma questão de honra. Não seria diferente, mas é fundamental garantir aos leitores, ouvintes e espectadores do Grupo Globo de que o noticiário a respeito será divulgado com a transparência que o jornalismo exige."

A parte bondosa que habita minha alma incrédula pode até acreditar piamente nisso.

Aconteceu o mesmo quando Geddel negou ser dono do dinheiro sujo, os R$ 51 milhões encontrados em seu apartamento.

Com os diamantes de Adriana Ancelmo foi a mesma coisa.

E com Aécio então? É um querido.

Eu só acho que a Justiça americana não tem lá a alma tão bondosa, mas é só um palpite.

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal