Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Fifa não fará modificações por causa de protestos


 

Gente de Opinião

Vladimir Platonow
Agência Brasil

Rio de Janeiro – O esquema de segurança para o jogo de hoje (16) no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, entre o México e a Itália, não sofrerá modificações para prevenir possíveis protestos, como o ocorrido ontem (15) em Brasília. O diretor de Comunicação do Comitê Organizador Local (COL) da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Saint-Claire Milesi, ressaltou que a entidade reconhece a legitimidade das manifestações, mas que a segurança no perímetro cabe às forças policiais.

“Na questão dos protestos, a gente reconhece o direito a manifestações. Isso é comum, é esperado, está dentro do planejamento operacional. É um assunto que a Fifa monitora, porque estamos preocupados caso tenha algum impacto em nossa operação dentro do estádio e na chegada do torcedor. É uma questão para as autoridades públicas locais, que trabalham em conjunto com a gente nesse plano de segurança. Nós temos toda a confiança em que eles estão tomando as medidas necessárias e cabíveis para que não tenha impacto para o torcedor e nem para a operação. No caso do Maracanã, o perímetro já está estabelecido e continuará o mesmo”, frisou Saint-Claire, em entrevista de manhã.

Entre os presentes à coletiva, estava o ex-jogador Cafu, capitão da seleção brasileira na conquista do pentacampeonato em 2002, disputado no Japão e na Coreia. Ele comentou as vaias ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, e à presidenta Dilma Rousseff antes da partida entre o Brasil e o Japão, na tarde de ontem em Brasília.

“Ela é a presidenta do Brasil, a autoridade máxima do nosso país, uma pessoa que, sem sombra de dúvida, impõe respeito onde quer que vá. Mas é o povo brasileiro e você não pode conter todo mundo. Foi uma situação ruim e desagradável. Isso, mundialmente, não repercutiu bem, mas é a voz do povo, a gente tem que respeitar o direito de todo mundo, de manifestação e contestação. Mas acho que é preciso ter respeito, acima de tudo, para a nossa presidenta Dilma”, disse o capitão do penta.

Cafu falou ainda sobre a construção dos novos estádios e a possibilidade de que alguns fiquem subutilizados após a Copa do Mundo do ano que vem. “Nós construímos estádios do nível do futebol europeu e estamos aqui lamentando o por que desses estádios. A gente espera que eles não virem elefantes brancos e eu tenho certeza que isso não vai acontecer. Até porque vai ajudar muito lugares onde o futebol não é tão divulgado. Se você pega São Paulo, Rio, Minas Gerais, Paraná, Porto Alegre, são locais onde o futebol já é bastante competitivo. Se pega outros lugares, como Manaus, onde o futebol não é tão competitivo, a cidade vai ganhar muito em termos de infraestrutura, educação, transporte e terá um crescimento muito grande. O Brasil vai ganhar com esses estádios modernos”, destacou Cafu.

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal