Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Ex-jogadora entrega pedido de profissionalização do futebol feminino


Helena Martins
Agência Brasil

Representante da Liga Brasileira de Futebol Feminino, Rose do Rio entregou hoje (17), à ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres, Eleonora Menicucci, pedido para que seja elaborado um projeto de lei que trate da profissionalização do futebol feminino, que é reconhecido como categoria desde 1982. A expectativa é que a lei possa garantir direitos trabalhistas para as jogadoras, tais como aposentadoria.

Rose do Rio criou uma petição online no site Change.org para angariar apoio à causa. Até agora, mais de 20 mil pessoas assinaram a petição, cujo texto destaca que “muitas atletas, inclusive olímpicas e de competições internacionais, mesmo após darem orgulho ao nosso país, sobrevivem vendendo bala. A profissionalização garante os direitos trabalhistas, a aposentadoria e, principalmente, a dignidade”.

Segundo a ex-jogadora e hoje técnica de futebol, o ato de hoje se deve à luta em defesa do esporte, que tem sido efetivada há décadas, mas também à mobilização online. “É o único meio de fazer com que as autoridades percebam a importância do futebol feminino no Brasil e o que está acontecendo no futebol feminino”, afirmou, acrescentando que a liga reivindica que haja departamentos na secretaria e também no Ministério do Esporte voltados ao tema.

Petições como a apresentada por Rose têm se multiplicado pela internet. Apenas o Change.org, plataforma lançada no Brasil em 2012, recebe por mês, em média, 200 novas petições, vindas dos mais de 2 milhões de usuários cadastrados no site, segundo a diretora de campanhas da empresa no Brasil, Graziela Tanaka. Em julho, quando o Brasil recebeu a Copa do Mundo de Futebol, esse número foi ampliado para 700.

“Foi muito bacana, porque era todo tipo de petição, desde para mostrar o exoesqueleto até pedindo que determinada banda tocasse na final”, relata Graziela, que destacou o grande número de petições em defesa dos direitos humanos. Parte delas, inclusive, foi criada por pessoas que vivem fora do Brasil, como a que pede que a Rússia não seja a sede da próxima Copa por conta das ações contra homossexuais.

No site, é possível ver todas as petições. Uma delas pede a construção de um monumento em homenagem aos operários que morreram na construção dos estádios da Copa. A outra, a proteção da espécie do tatu-bola que acabou virando mascote do Mundial. Há também pessoas que pedem a volta dos barraqueiros que trabalhavam no entorno do Estádio Mineirão, em Minas Gerais, e uma outra traz solicitação para que o governo federal entrasse “em campo” para defender direitos de crianças e adolescentes. Ao todo, as 767 petições criadas sobre temas relacionados à Copa foram assinadas por mais de 532 mil.

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal