Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Corinthians bate Paulista com gol de Willian


Água mole, pedra dura. O Corinthians derrotou o Paulista por 1 a 0, na tarde deste domingo, depois de muita insistência para vazar a meta do goleiro Vagner. Em um jogo nem um pouco empolgante, válido pela penúltima rodada do Campeonato Estadual, o único gol foi anotado pelo atacante Willian, curiosamente no momento em que começou a garoar no Pacaembu. O resultado reaproxima o time alvinegro do ponteiro São Paulo: os dois times somam 43 pontos, mas o rival leva vantagem no saldo de gols.

Na rodada derradeira, os comandados de Tite terão pela frente a Ponte Preta, em Campinas. Por sua vez, o Paulista, que estaciona 19 pontos e dá adeus ao sonho de conseguir classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro, se despedirá da competição diante do Bragantino, em Jundiaí.

O jogo não tinha praticamente efeito nenhum para a classificação do Corinthians. Não definiria sua colocação final – apesar de poder deixá-lo novamente encostado ao São Paulo – nem seu adversário no mata-mata. Mas servia para dar ritmo ao time, que teve folga de uma semana e vê como principal objetivo no momento a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores, que pode ser definida na partida de quarta-feira, contra o Nacional (Paraguai), em Ciudad de Leste.

Mesmo assim, Tite exigiu o máximo de sua equipe. Com o que tinha de melhor à disposição – sem contar com o zagueiro Chicão (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) e alguns jogadores em recuperação (como o meia Alex e os atacantes Jorge Henrique e Emerson) –, o treinador reclamou da falta de dedicação do elenco em uma atividade com bola durante a semana e lembrou que todo compromisso tem sua importância.

“Tem que ter desempenho, jogar sob pressão. Nossa busca é o primeiro lugar, que ainda está em aberto, mesmo com a vantagem do São Paulo. E também há chance de Santos e Palmeiras nos ultrapassarem”, disse neste domingo o comandante corintiano, antes do apito inicial, já no banco.

Foi nesse espírito que os jogadores subiram a campo nesta tarde de Páscoa. Ao menos no começo do primeiro tempo. Os donos da casa adiantaram a marcação e tiveram uma oportunidade de balançar a rede rapidamente. Com três minutos, Willian fintou a marcação na entrada da área e saiu na cara do goleiro Vagner. O gol parecia certo, mas o chute do atacante foi desviado pelo zagueiro Diego Ivo, que se atirou no chão para impedir a abertura do placar.

O domínio corintiano – com Willian aberto pela esquerda e Ramírez pela direita, ajudado por algumas subidas de Edenílson – prosseguiu por mais alguns minutos. Só que, após a blitz inicial, o Paulista passou a se aventurar mais no campo de ataque. O atacante Richely se infiltrou bem pelo lado esquerdo da defesa e duas vezes quase marcou. Na primeira, bateu cruzado e rasteiro, mas sem força. Na segunda, acertou chute à queima-roupa em Julio Cesar.

Ainda houve uma boa tentativa de cada lado, igualmente sem sucesso. Pelo Corinthians, o lateral esquerdo Fábio Santos cobrou falta frontal rente à trave direita. Pelo Paulista, o lateral direito Samuel Xavier chegou bem pela meia, clareou a jogada e chutou próximo à trave esquerda.

A intensidade perdida na metade da primeira etapa foi retomada na volta do intervalo. Um dos mais ligados do Corinthians em campo, Willian por pouco, e por causa de Vagner também, não inaugurou o marcador aos cinco minutos. Ele bateu falta colocada da intermediária e fez o goleiro adversário se esticar para tirar a bola para escanteio.

Pressionado, o Paulista precisou parar o Corinthians com faltas, e o árbitro deu cartão a Diego Ivo e Bruno Formigoni. Já o corintiano Liedson, que também queria ser advertido para chegar zerado à próxima fase, não conseguiu. Substituído por Elton, ele até demorou a deixar do gramado, talvez na tentativa de levar amarelo, mas vai para a última rodada da primeira fase ainda pendurado – o único que conseguiu zerar os cartões foi o atacante Willian, com uma falta dura no início do jogo.

Foi Willian também o único a balançar a rede neste domingo. Depois de tanto insistir, o Corinthians chegou ao gol aos 34 minutos com o camisa 7, que aproveitou cruzamento de Fábio Santos e vazou Vagner com um forte cabeceio. A abertura do placar coincidiu com o começo da chuva, que afastou alguns dos 13.006 pagantes. Mas eles não perdem muita coisa: os visitantes foram para o ataque na base do sufoco, mas a equipe alvinegra se segurou e garantiu o resultado positivo.

Fonte: Gazeta Esportiva.NET
 

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal