Porto Velho (RO) quarta-feira, 17 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Corinthians bate Paulista com gol de Willian


Água mole, pedra dura. O Corinthians derrotou o Paulista por 1 a 0, na tarde deste domingo, depois de muita insistência para vazar a meta do goleiro Vagner. Em um jogo nem um pouco empolgante, válido pela penúltima rodada do Campeonato Estadual, o único gol foi anotado pelo atacante Willian, curiosamente no momento em que começou a garoar no Pacaembu. O resultado reaproxima o time alvinegro do ponteiro São Paulo: os dois times somam 43 pontos, mas o rival leva vantagem no saldo de gols.

Na rodada derradeira, os comandados de Tite terão pela frente a Ponte Preta, em Campinas. Por sua vez, o Paulista, que estaciona 19 pontos e dá adeus ao sonho de conseguir classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro, se despedirá da competição diante do Bragantino, em Jundiaí.

O jogo não tinha praticamente efeito nenhum para a classificação do Corinthians. Não definiria sua colocação final – apesar de poder deixá-lo novamente encostado ao São Paulo – nem seu adversário no mata-mata. Mas servia para dar ritmo ao time, que teve folga de uma semana e vê como principal objetivo no momento a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores, que pode ser definida na partida de quarta-feira, contra o Nacional (Paraguai), em Ciudad de Leste.

Mesmo assim, Tite exigiu o máximo de sua equipe. Com o que tinha de melhor à disposição – sem contar com o zagueiro Chicão (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) e alguns jogadores em recuperação (como o meia Alex e os atacantes Jorge Henrique e Emerson) –, o treinador reclamou da falta de dedicação do elenco em uma atividade com bola durante a semana e lembrou que todo compromisso tem sua importância.

“Tem que ter desempenho, jogar sob pressão. Nossa busca é o primeiro lugar, que ainda está em aberto, mesmo com a vantagem do São Paulo. E também há chance de Santos e Palmeiras nos ultrapassarem”, disse neste domingo o comandante corintiano, antes do apito inicial, já no banco.

Foi nesse espírito que os jogadores subiram a campo nesta tarde de Páscoa. Ao menos no começo do primeiro tempo. Os donos da casa adiantaram a marcação e tiveram uma oportunidade de balançar a rede rapidamente. Com três minutos, Willian fintou a marcação na entrada da área e saiu na cara do goleiro Vagner. O gol parecia certo, mas o chute do atacante foi desviado pelo zagueiro Diego Ivo, que se atirou no chão para impedir a abertura do placar.

O domínio corintiano – com Willian aberto pela esquerda e Ramírez pela direita, ajudado por algumas subidas de Edenílson – prosseguiu por mais alguns minutos. Só que, após a blitz inicial, o Paulista passou a se aventurar mais no campo de ataque. O atacante Richely se infiltrou bem pelo lado esquerdo da defesa e duas vezes quase marcou. Na primeira, bateu cruzado e rasteiro, mas sem força. Na segunda, acertou chute à queima-roupa em Julio Cesar.

Ainda houve uma boa tentativa de cada lado, igualmente sem sucesso. Pelo Corinthians, o lateral esquerdo Fábio Santos cobrou falta frontal rente à trave direita. Pelo Paulista, o lateral direito Samuel Xavier chegou bem pela meia, clareou a jogada e chutou próximo à trave esquerda.

A intensidade perdida na metade da primeira etapa foi retomada na volta do intervalo. Um dos mais ligados do Corinthians em campo, Willian por pouco, e por causa de Vagner também, não inaugurou o marcador aos cinco minutos. Ele bateu falta colocada da intermediária e fez o goleiro adversário se esticar para tirar a bola para escanteio.

Pressionado, o Paulista precisou parar o Corinthians com faltas, e o árbitro deu cartão a Diego Ivo e Bruno Formigoni. Já o corintiano Liedson, que também queria ser advertido para chegar zerado à próxima fase, não conseguiu. Substituído por Elton, ele até demorou a deixar do gramado, talvez na tentativa de levar amarelo, mas vai para a última rodada da primeira fase ainda pendurado – o único que conseguiu zerar os cartões foi o atacante Willian, com uma falta dura no início do jogo.

Foi Willian também o único a balançar a rede neste domingo. Depois de tanto insistir, o Corinthians chegou ao gol aos 34 minutos com o camisa 7, que aproveitou cruzamento de Fábio Santos e vazou Vagner com um forte cabeceio. A abertura do placar coincidiu com o começo da chuva, que afastou alguns dos 13.006 pagantes. Mas eles não perdem muita coisa: os visitantes foram para o ataque na base do sufoco, mas a equipe alvinegra se segurou e garantiu o resultado positivo.

Fonte: Gazeta Esportiva.NET
 

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte