Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Copacabana vira folia com vitória do Brasil


 
Vinícius Lisboa
Agência Brasil

Os turistas que vieram para a Copa do Mundo e nunca viram o carnaval do Rio de Janeiro puderam ter uma pequena prova da animação da festa depois da vitória de hoje (28) sobre o Chile, nos pênaltis. Na Avenida Atlântica, orla de Copacabana, os torcedores viraram foliões quando a angustiante decisão se converteu em classificação para as quartas de final da Copa do Mundo. Os brasileiros que acompanhavam os minutos finais da disputa fizeram muita festa, sambaram e começaram a comemorar.

"Achei esse final ótimo! Foi muito sufoco e muita dor no coração, mas isso só deixa a vitória mais gostosa", respondeu gritando a moradora de Santa Teresa Simone Moreira, de 42 anos, que levou a mãe, o filho e o neto para assistir à partida na Fan Fest. "Essa emoção é muito boa, mas em todo jogo a gente não aguenta. Espero que o próximo seja mais light".

O pernambucano Francisco de Assis, de 48 anos, estava atônito no meio da festa. Olhando para o nada, ele se assustou quando foi abordado pela reportagem, e já abriu um sorriso para falar da partida: "Foi uma das mais emocionantes da minha vida. Não é hora de falar quem devia ter jogado bem ou não devia ter jogado. Agora é hora de comemorar. Depois dessa, a gente tem que ser campeão!"

Vânia Marques, de 62 anos, que saía com o irmão da área reservada a portadores de necessidade especiais, demorou a responder o que achou da partida: "Não tenho nem palavras. Foi muito sufoco. Já estava quase indo embora porque não aguentava mais. Eu sabia que ia ser difícil, porque o Chile queria ganhar de qualquer jeito".

A chilena Ximena Assis, de 40 anos, concorda: "Fazia muito tempo que o Chile não jogava com uma equipe tão forte e com tanta garra. Não tem como não chorar depois de ter chegado tão perto da vitória". Morando no Brasil há dois anos, ela agora espera o primeiro filho que nascerá no país, daqui a três meses: "Meus outros filhos estão divididos. Vamos todos torcer para o Brasil agora".

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal