Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Copa: Gol no fim do jogo leva a Grécia às oitavas pela 1ª vez


 
Marcelo Brandão
Agência Brasil

Mais duas seleções deram adeus ao sonho de conquistar a Copa do Mundo no início da noite desta terça-feira: a do Japão e a da Costa do Marfim. Enquanto japoneses eram goleados em Cuiabá pela já classificada Colômbia, uma partida dramática se desenrolava em Fortaleza. Por 2 a 1, a Grécia passou para as oitavas de final pela primeira vez em uma Copa do Mundo.

O jogo começou muito equilibrado, sem que nenhum time conseguisse impor seu jogo. Drogba, um dos craques marfinenses, não conseguia ser decisivo e esbarrava na defesa adversária. A Grécia, por sua vez, teve mais problemas no jogo do que parar o ataque da equipe africana. Dois jogadores saíram do jogo por causa de lesões em menos de 25 minutos de partida. O meio-campista Kone e o goleiro Karnezis deixaram o jogo precocemente, deixando ao técnico Fernando Santos com apenas uma substituição restante para a partida.

A Costa do Marfim quase chegou com perigo aos 22 minutos. Yaya Touré entrou na área e passou para Drogba, que não conseguiu dominar. A essa altura, os jogadores já deviam saber que a Colômbia vencia seu jogo, o que daria aos africanos a vantagem do empate.

Com o 0 a 0 favorável, o jogo parecia controlado pelos africanos, que não construíam muitas chances de gol mas também não eram ameaçados. Aos 32 minutos, porém, em um contra-ataque rápido, Cholevas recebeu e chutou de fora da área. A bola explodiu na trave de Barry, assustando os marfinenses e tirando-os da zona de conforto.

O lance animou a Grécia, que equilibrou a partida, melhorou a marcação e chegou ao gol aos 42 minutos. Em falha grotesca de Tioté, que recuou mal a bola na defesa, Samaris aproveitou o erro, roubou a bola, tabelou com Samaras e estufou a rede de Barry. O drama mudava de lado.

O segundo tempo começou com a Grécia melhor no jogo, mais aplicada na marcação e mais presente no ataque. A obrigação de fazer um gol não fez bem aos marfinenses, que passaram a tomar sustos um atrás do outro. Aos oito minutos, Christodoulopoulos entrou na área e, de frente para Barry, bateu para fora. Aos 12 minutos, Salpingidis arriscou de fora da área e obrigou o goleiro africano a fazer boa defesa, espalmando para fora. Aos 16 minutos, em outro contra-ataque rápido, Torosidis foi lançado e só não entrou na área, livre para marcar, porque foi parado com falta.

A Costa do Marfim tentava entrar na área grega e fazer o gol de empate, que lhe daria a classificação. Com isso, a defesa ficava muito exposta aos contra-ataques dos gregos, que tinham as melhores oportunidades. Aos 22, Karagounis, de muito longe, acertou um belo chute, que bateu na trave e levantou a torcida mais uma vez.

O jogo ficou mais aberto e interessante. A Grécia tinha as melhores chances, mas não fazia o segundo gol e acabou punida por isso. Aos 28 minutos, Gervinho aproveitou um dos raros momentos de cochilo da defesa grega, recebeu dentro da área e tocou para Bony. O atacante, que tinha acabado de entrar, tocou no canto esquerdo e igualou o placar.

O gol trouxe a defesa marfinense de volta a seu posto, e os contra-ataques gregos acabaram. Em uma das últimas boas oportunidades no jogo, aos 41 minutos, Salpingidis cruzou rasteiro, tentando achar alguém para escorar para o gol. Nenhum grego apareceu, mas, se o zagueiro Aurier não tivesse pulado, teria desviado a bola para dentro do gol. Parecia ter sido o último capítulo de uma festa africana, que já começava nas arquibancadas.

Aos 45 minutos do segundo tempo, porém, o roteiro dramático se completou. Samaras, dentro da área, foi travado por Sio e o árbitro marcou o pênalti, para desespero dos marfinenses. O próprio Samaras bateu firme, no canto, e colocou a Grécia na frente mais uma vez. Depois disso, não houve tempo para mais nada. Curiosamente, os dois gols gregos na partida foram os primeiros do time na Copa.
O apito final deu início a uma verdadeira festa grega, enquanto marfinenses choravam, incrédulos, por terem deixado escapar a classificação, que parecia tão certa, no último lance.

Com os resultados de hoje, a Colômbia, que venceu o Japão por 4x1, enfrenta o Uruguai no próximo sábado (28), no Maracanã, e os gregos enfrentam a Costa Rica, no domingo (29), na Arena Pernambuco.

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte