Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Copa: Argentina não chega às semifinais desde 1990


 
Foto: David Cannon/ Getty Images

Gente de Opinião

Com Maradona e Caniggia, em 1990, argentinos foram vice-campeões mundiais, na Itália

Lionel Messi, Ángel di María, Javier Mascherano e companhia terão a chance, neste sábado (05.07), de conseguir uma façanha que a Argentina não concretiza desde 1990, na Itália: chegar às semifinais de uma Copa do Mundo. Caso derrote a Bélgica no duelo pelas quartas de final, a seleção irá superar campanhas traumáticas, que incluem condenação de Maradona por doping, queda de time favorito na primeira fase e gol sofrido em final de jogo.

Além de marcar a última grande participação da Argentina no torneio, com o vice-campeonato de Maradona e Caniggia para a Alemanha, a Copa de 90 encerrou um período de protagonismo da seleção em mundiais. O time foi campeão em 1978, no próprio país, e em 1986, no México. A decepção ocorreu em 1982, na Espanha: eliminação na segunda fase, com derrotas para Itália e Brasil em um grupo com três equipes, conforme previa o regulamento daquela edição.

O calvário azul e branco começou em 1994, e de forma cruel. O bom time de Redondo, Maradona, Caniggia e Batistuta ganhou os dois primeiros jogos. Mas o camisa 10 foi flagrado no exame antidoping, que acusou a presença de efedrina em seu organismo após a vitória de 2 x 1 sobre a Nigéria.  Maradona já não atuou contra a Bulgária, no último duelo da primeira fase. Desfalcada e abalada, a Argentina caiu nas oitavas de final diante da Romênia (derrota por 3 x 2).

Em 1998, após eliminar a rival Inglaterra, a equipe enfrentou a Holanda nas quartas de final, em uma das melhores partidas daquela Copa. Um gol do craque Dennis Bergkamp aos 44 minutos do segundo tempo enterrou o sonho de Zanetti, Verón e Batistuta. O trauma seria maior em 2002: favorita antes do Mundial, a Argentina não passou da fase de grupos: venceu a Nigéria na estreia, mas perdeu da Inglaterra - que se vingou da edição anterior - e empatou com a Suécia.

O carrasco de 2006 e de 2010 foi o mesmo: a Alemanha. Primeiro, com vitória nos pênaltis nas quartas de final. Depois, com goleada por 4 x 0 sobre a equipe liderada por Maradona – que era o técnico. Messi esteve presente nas duas Copas, mas só entrou em campo contra os alemães na última.

Bélgica

Com participações mais modestas em Copas do Mundo, a seleção da Bélgica luta para igualar a campanha de 1986, quando foi eliminada nas semifinais pela Argentina (derrota por 2 x 1 com dois gole e exibição de gala de Maradona). Durante a campanha, o time eliminou União Soviética e Espanha. Na disputa do terceiro lugar, perdeu de 4 x 2 para a França.

Confira abaixo as eliminações da Argentina em Copas do Mundo desde 1994:

Estados Unidos,1994

Argentina 2 x 3 Romênia (Oitavas de final).

Time de Redondo, Maradona, Caniggia e Batistuta vence os dois primeiros jogos. Mas camisa 10 é pego no antidoping e desfalca a seleção, que sente o golpe e perde da Romênia.

França, 1998

Argentina 1 x 2 Holanda (Quartas de final)

Seleção ganha da rival Inglaterra nas oitavas. Na fase seguinte, em um dos melhores jogos da Copa, perde da Holanda com gol de Bergkamp aos 44 do segundo tempo.

Japão e Coreia do Sul, 2002

Argentina 1 x 1 Suécia (Primeira fase)

Favorita antes do Mundial, equipe não resiste ao grupo da morte: ganha da Nigéria na estreia, mas perde da Inglaterra, empata com a Suécia e fica em terceiro na chave.

Alemanha, 2006

Argentina 1 x 1 Alemanha – 2 x 4 nos pênaltis (Quartas de final)

Líder em grupo com Holanda e Costa do Marfim, o bom time de Jose Pekerman ganha do México nas oitavas e cai diante da Alemanha na disputa de pênaltis.

África do Sul, 2010

Argentina 0 x 4 Alemanha (Quartas de final)

Time se classifica em primeiro na fase de grupos e elimina o México nas oitavas de final, mas é eliminado novamente pela Alemanha. Maradona e era o técnico.

Fonte: Renato Freire, do Portal da Copa em Brasília

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal