Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Confiança dos jogadores marca duelo entre México e Croácia


 Getty Images

Gente de Opinião

São raras as vezes nas quais um duelo entre a melhor defesa e o melhor ataque de um campeonato ganha ares tão decisivos quanto a partida entre México e Croácia, marcada para as 17h desta segunda-feira (23.06) na Arena Pernambuco, é mais do que um duelo entre a melhor defesa e o melhor ataque do Grupo A. Em um clima de “matar ou morrer”, as equipes trocam provocações e desfilam armas como o peso da torcida e talentos individuais para garantirem a classificação para a próxima fase da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Os mexicanos, que assim como os brasileiros somam quatro pontos, têm a vantagem de jogarem por um empate e contar com uma defesa, até então, invicta. O trio de zaga comandado pelo experiente Rafa Marquez é reforçado pela impecável atuação do goleiro Ochoa, eleito o melhor da Liga Espanhola. Mesmo assim, a ideia da equipe não é manter o jogo defensivo, mas buscar gol.

Já os croatas, com apenas três, apostam no peso de estrelas como Modric e Mandzukic para arrancar mais uma vitória e seguirem na competição, da qual só haviam participado quatro vezes até então. A vitória por 4 a 0 sobre a seleção de Camarões deu o fôlego que os europeus precisavam para seguir na busca por uma vaga nas oitavas.

Autoconfiaça e provocação

O recheado saldo de gols na primeira fase e a força dos talentos individuais da equipe parecem dar ao técnico Niko Kovac e à sua equipe a confiança necessária para enfrentar o México com um certo ar de superioridade. “Se algum joelho tem que tremer amanhã, é o deles”, declarou o comandante após treino de reconhecimento da Arena Pernambuco.

Nem a superioridade numérica da torcida adversária parece assustar os europeus, que não acreditam que o barulho pode ser uma vantagem para os latinos. ”Já jogamos com um público assim antes e isso nunca foi algo que nos atrapalhou. Vamos jogar um bom jogo para deixar os torcedores deles triste. Futebol não se joga na arquibancada, mas no campo”, disparou o meio-campista Luka Modric, atribuindo ainda à sorte e ao goleiro Ochoa o empate entre mexicanos e brasileiros, na última terça-feira (17.06).

Mas não foi só de provocações aos jogadores tricolores que foi feita a coletiva deste domingo. Kovac também apontou as características que, segundo ele, dão motivos para encarar os mexicanos com respeito. “Têm um excelente goleiro. São muito homogêneos, rígidos, excelentes em meio de campo, corridas muito rápidas”, afirmou o treinador, enfatizando que a chegada do treinador Miguel Herrerra provocou mudanças positivos na El Tricolor. “Mas temos uma receita contra eles, mas eles só vão perceber isso no campo”, concluiu.

O poder na torcida

Além da muralha na defesa, os mexicanos contam com um aliado de peso para a partida decisiva: a torcida. Apenas em um navio atracado no Porto do Recife são 3,5 mil torcedores. Isso fora os outros vários espalhados em hotéis e apartamentos. É uma verdadeira invasão mexicana na capital do frevo. Durante toda a semana, os animados “inchas” ocuparam espaços como a FIFA Fan Fest e fizeram até algazarra em frente ao hotel onde estão hospedados os croatas para tirar-lhes o sono.

Gente de Opinião

“Os mexicanos sabem o que fazer nas arquibancadas. Contra o Brasil, mesmo sendo minoria, se escutava o nosso canto. Amanhã se ouvirá o mais forte possível para que eles saibam que a torcida mexicana pesa”, declarou o técnico. Ele destacou, entretanto, que não é só isso e que, para vencer a Croácia, a inspiração tática vem do... Brasil! “Eles são fortes no ataque pelos lados, mas também deixam espaços atrás”, lembrou o treinador Miguel Herrera, lembrando que a equipe de Felipão soube aproveitar as lacunas deixadas pelos adversários europeus.

Durante coletiva de imprensa após o reconhecimento do gramado na Arena Pernambuco, o técnico Herrera tentou não se envolver na provocação dos croatas, mas não conseguiu deixar de dar uma resposta a Niko Kovac, que atribuiu o empate dos mexicanos com os brasileiros à sorte. “Com sorte se ganha ou se empata. De qualquer forma, temos que buscá-la. Com sorte ou não empatamos com Brasil e eles não conseguiram”, afirmou Herrera. Quem também deixou o recado, foi o zagueiro Hector Moreno. “Chegamos aqui com a mentalidade e o compromisso de fazer história. Não se pode dar tanta importância para essas coisas (provocações). O campo irá falar”, pontuou.

Mobilidade 

O torcedor que optar pelo transporte público para ir à Arena Pernambuco conta com três opções de modais. Com cada vez mais procura, o Bus Rapid Transit (BRT) opera com 37 veículos no corredor Leste/Oeste e três operando no Norte/Sul. O sistema é o único que leva os passageiros direto à Arena, sem trasbordo, partindo das estações da Avenida Guararapes e da Praça do Derby. Há também a opção do metrô e dos estacionamentos periféricos (RioMar, Cordeiro e Parqtel). Nos dois casos, entretanto, os torcedores precisam pegar um ônibus circular para chegar ao estádio.

Ficha técnica

Local: Arena Pernambuco
Horário: 17h

Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)
Assistentes: Abduxamidullo Rasulov (UZB) e Bakhadyr Kochkarov (KGZ)

Croácia: Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Pranjic; Modric e Rakitic; Perisic, Sammir e Olic; Mandzukic
Técnico: Niko Kovac

México: Ochoa; Rodríguez, Héctor Moreno e Rafa Márquez; Aguilar, Herrera, Vásquez, Guardado e Layún; Giovani dos Santos e Peralta
Técnico: Miguel Herrera

 

Fonte: Laura Cortizo, do Portal da Copa no Recife

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte