Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Com Ceni, São Paulo bate Flamengo sem dificuldade


Com Rogério Ceni de volta ao time, o São Paulo recebeu o Flamengo na tarde deste domingo e venceu sem sustos: 4 a 1. Com dois gols, Luis Fabiano chegou aos 145 com a camisa do Tricolor paulista e ultrapassou Lêonidas da Silva, se tornando o sétimo maior artilheiro da História do clube.

Com os três pontos, o São Paulo chegou aos 22 e encostou no G4. Já o Flamengo, permanece com 16 e chega à quarta rodada consecutiva sem vencer.

 

BAILE TRICOLOR

Em casa, o São Paulo foi muito superior ao Flamengo no primeiro tempo. Prova disso foi que a etapa inicial terminou com sete finalizações para o Tricolor paulista contra nenhuma do rubro-negro carioca.

Os primeiros 45 minutos mais pareceram um jogo de ataque contra defesa. Enquanto o São Paulo buscava o gol, o Flamengo fazia o que podia para evitá-los. O time de Dorival Junior teve como alternativa apostar nos contra-ataques, mas também, sem sucesso.

Enquanto isso, Paulo Victor realizava boas defesas. Uma delas aos 25 minutos, quando Luis Fabiano desviou cruzamento de Cortez e quase abriu o placar. Porém, já nos minutos finais, mais precisamente aos 41, não teve jeito. Rodrigo Caio ganhou de Ramon e passou para Maicon, que arriscou de fora da área. A bola morreu no canto direito do camisa 1 do Flamengo e fez a torcida do São Paulo explodir.

Apesar do pouco tempo para o apito que decretaria o fim do primeiro tempo, o São Paulo ainda conseguiu ampliar a vantagem. Jadson cobrou escanteio, Paulo Victor saiu mal e Luis Fabiano, de cabeça, fez o segundo. Na comemoração, o atacante tirou a camisa, a colocou no chão e, como uma forma de reverência, beijou o escudo do clube.

LUIS FABIANO FAZ HISTÓRIA

No intervalo, Dorival colocou Bottinelli e Thomás, em uma tentativa de tornar o time mais ofensivo. Porém, de nada adiantou e o panorama do jogo continuou o mesmo.

Apesar de ser mais um jogo no Campeonato Brasileiro, o confronto desta tarde vai entrar para a História de Luis Fabiano. O camisa 9, aos 14 minutos, aproveitou cruzamento de Cortez e, de cabeça, fez o terceiro gol do Tricolor paulista. Porém, este foi o gol de número 145 do atacante com a camisa do São Paulo, ultrapassando Lêonidas da Silva e se tornando o sétimo maior artilheiro da História do clube (o maior é Serginho Chulapa, com 262 gols).

Mesmo com a atuação ruim, o Flamengo teve seu momento de comemoração. Aos 21, Ramon aproveitou bola alçada por Léo Moura, ajeitou e bateu para diminuir a vantagem do São Paulo. Foi o primeiro gol do lateral-esquerdo com a camisa rubro-negra.

O gol chegou a animar o time carioca, que fez certa pressão e, por pouco, Thomáz não conseguiu fazer o segundo, mas a zaga paulista foi mais eficiente.

O time da casa ainda tentou chegar ao quarto gol, mas já não mostrava o mesmo poderia ofensivo que antes. O Flamengo, fazia de tudo para diminuir o prejuízo, mas também nada conseguiu. Nos últimos minutos, Paulo Victor protagonizou dois lances. Willan José chutou de longe, a bola bateu no gramado e o goleiro do Flamengio quase se atrapalhou. Já nos acréscimos, Luis Fabiano chutou e Paulo Victor realizou uma grande defesa.

Porém, aos 47 minutos, a torcida do São Paulo voltou a comemorar. Jadson recebeu lançamento de Luis Fabiano e bateu na saída de Paulo Victor para fazer o quarto gol do Tricolor, fechando o placar.

Com a vitória, o São Paulo chegou aos 22 pontos e se aproximou do G4. O próximo adversário do Tricolor paulista será o Sport, no Morumbi. Já o Flamengo, permanece com 16 pontos e, agora, terá pela frente o Atlético-MG, no Engenhão.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 X 1 FLAMENGO


Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data-Hora: 29/7/2012 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Alessandro A. Rocha (Fifa-BA) e Adailton José de Jesus Silva (BA)

Cartões amarelos: Luis Fabiano, Rodrigo Caio (SPO); Ramon (FLA)
Cartões vermelhos: -

Gols: Maicon, 41'/2ºT (1-0); Luis Fabiano, 45'/2ºT (2-0); Luis Fabiano, 14'/2ºT (3-0); Ramon, 21'/2ºT (3-1); Jadson, 47'/2ºT (4-1)


SÃO PAULO: Rogério Ceni, João Filipe, Rafael Toloi, Rodolpho e Cortez; Maicon (Willian José - 34'/2ºT), Denilson , Rodrigo Caio e Jadson; Ademilson (Cícero - 30'/2ºT) e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco

FLAMENGO: Paulo Victor, Léo Moura, Welinton, González e Ramon; Aírton (Amaral - 45'/2ºT), Luiz Antonio, Ibson e Camacho (Borttinelli - Intervalo); Adryan (Thomás - Intervalo) e Vager Love. Técnico: Dorival Junior

FONTE: LANCE

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal