Porto Velho (RO) sexta-feira, 19 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Com boa dose de sofrimento, Timão bate Furacão


Uma vitória com a cara do Corinthians. Assim pode-se descrever a partida em que o Timão bateu o Atlético-PR neste domingo por 2 a 1, no Pacaembu, um jogo que começou com cara de goleada e acabou com todo o sofrimento que a torcida corinthiana adora.

Mostrando a "fome" que falou no domingo passado, o Corinthians teve um início avassalador. Em sua primeira descida ao ataque, aos dois minutos de jogo, antes mesmo que o Atlético-PR tivesse tomado conhecimento da bola, o Corinthians tratou de abrir o placar. William disparou pela direitra e rolou para Liedson, no meio da área. Ele rolou para Paulinho que, livre, na altura da marca do pênalti, mandou para a rede, abrindo o placar.

Com o rival zonzo, o Timão logo fez o segundo. Danilo conduziu pela esquerda e rolou para Emerson Sheik. O camisa 11, da entrada área, bateu com força, no cantinho de Renan Rocha para ampliar a contagem.

Depois disso, o Atlético Paranaense se entregou. O Corinthians, mesmo em ritmo mais lento, seguiu pressionando enquanto o rival pouco ameaçava. A bem da verdade, o Timão poderia ter liquidado a fatura ainda no primeiro tempo, mas deixou a chance escapar.

Na volta do intervalo, o Furacão reagiu com três minutos de jogo. Nieto avançou pela direita, rolou para o meio, Paulo Baier bateu em cima do goleiro e, no rebote, a bola sobrou para o próprio Baier, que mandou para o gol.

Melhor em campo, o Atlético Paranaense ainda mandou uma bola no travessão, com Nieto, que pingou em cima da linha e voltou para as mãos de Julio César. A bem da verdade, a bola entrou, mas não inteiramente, logo não foi gol.

Fato é que o jogo passou de tranquilo para uma partida de risco. Aos 30, Paulo Baier mandou na trave direita de Julio César, assustando ainda mais a torcida do Timão.

Cinco minutos mais tarde, Tite promoveu a entrada de Adriano que até ajudou, prendendo os volantes paranaenses e acabando com o ímpeto ofensivo rival, que segue sua luta contra o descenso, cada dia mais perto.

Sufoco (e sofrimento) à parte, foi uma vitória ao estilo do Corinthians e de fundamental importância, já que deixa o time na ponta do Brasileirão, independente do que aconteça no clássico entre Vasco X Botafogo. Um detalhe: na saída, Adriano disse que sonha em ser campeão brasileiro mais uma vez e, verdade seja dita, ela fica cada vez mais perto.

O Corinthians volta a campo na quarta, em Fortaleza, contra o Ceará, outro ameaçado pela queda. Já o Atlético-PR recebe o São Paulo, que ainda sonha com uma vaga na Libertadores, em sua casa.

Fonte: Rádio Jovem Pan

 

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte