Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Cinco alternativas para acompanhar a Copa do Mundo fora da Globo


Cinco alternativas para acompanhar a Copa do Mundo fora da Globo - Gente de Opinião
Do Brasil de Fato - A Copa do Mundo 2018 começa amanhã (14) em Moscou, na Rússia, com transmissão para os cinco continentes. Na partida de abertura, os donos da casa recebem a Arábia Saudita no estádio Luzhniki. Durante um mês, 32 seleções vão disputar 64 jogos em 11 cidades diferentes.

Além das emissoras oficiais, que têm acesso aos hotéis, treinamentos e coletivas de imprensa, o futebol estará na pauta de rádios universitárias, emissoras públicas e jornais populares.

Confira abaixo cinco links para acompanhar a Copa fora dos veículos tradicionais:


1. Rádio Ponto


Cerca de 45 estudantes do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) trabalham há um mês na produção de conteúdos sobre a Copa do Mundo para veiculação na Rádio Ponto UFSC. Eles integram o Núcleo de Radiojornalismo Esportivo, uma iniciativa pioneira entre as universidades do país, e também fizeram a cobertura do Mundial 2014 no Brasil.

Para acompanhar a programação, é preciso sintonizar a FM 106.1 na região do Campus Trindade, em Florianópolis, ou acessar o site da rádio.

No período pré-Copa, a programação inclui boletins esporádicos sobre as 32 seleções e as 11 cidades-sede, além de detalhes sobre os confrontos da fase de grupos e previsões sobre a fase de "mata-mata".

A partir do dia 14, começam as Grandes Jornadas Esportivas (GJE), que são transmissões ao vivo de jogos do Mundial feitas pelos futuros jornalistas. A estrutura de transmissão da GJE se assemelha à de uma rádio comercial: um narrador, dois comentaristas, um repórter e um plantonista. Nos bares próximos ao estúdio, as partidas serão veiculadas com as imagens disponibilizadas pela Fifa e com o áudio da Rádio Ponto.

De segunda à sexta, às 17h45, as notícias mais quentes do dia são reunidas no programa Diário da Copa, como explica o estudante Fabio Tarnapolsky: “É um resumo geral do dia, dos jogos e de algum caso inusitado, com áudio de jogadores, dos treinadores e das nossas próprias narrações”.

Segunda, quarta e sexta, a partir das 18 horas, vai ao ar o programa Parada para a Copa, com debates e reportagens nos formatos áudio e vídeo: “Uma análise crítica, falando sobre os próximos jogos, previsões e palpites”, define o estudante.

A programação da Rádio Ponto UFSC é uma alternativa para acompanhar a Copa do Mundo sem os vícios dos jornalistas experientes e dos meios de comunicação tradicionais.


2. Ultrajano

Sob a batuta de José Trajano e Cláudio Arreguy, ex-jornalistas da ESPN e com bagagem de quatro décadas de cobertura esportiva, o Ultrajano trata não só de Copa do Mundo, mas de política, cultura geral e direitos humanos.

A plataforma concentra análises de colunistas, reportagens, entrevistas exclusivas e bate-papos ao vivo sobre os jogos do Mundial, com interação e colaboração de leitores.

A principal atração são os vídeos, divididos em dois programetes: o Arreguy na Área e o Tabelinha, cujas edições anteriores estão disponíveis em um canal único no Youtube.

Vale a pena conferir o que dizem dois repórteres que circularam pela mídia hegemônica e, desde o ano passado, gozam de autonomia para tratar de temas polêmicos, que não convêm aos grandes meios.


3. Rádio Inconfidência

Emissora de rádio pública de Minas Gerais, a Rádio Inconfidência AM 880 é conhecida por produzir conteúdos noticiosos com qualidade e independência. Quando o assunto é futebol, a programação se diferencia das rádios comerciais do estado por apresentar conteúdo crítico, sem interferência de interesses mercadológicos e sem vínculos com os patrocinadores.

As partidas da Copa do Mundo, naturalmente, terão cobertura completa na Rádio Inconfidência.

Nos dias de semana, o futebol é assunto no programa Primeiras Esportivas, das onze da manhã ao meio-dia. Como os clubes mineiros estarão de folga, o Mundial deve roubar a cena, principalmente em dias de jogos da Seleção.

Às oito da noite, tem mais uma hora de noticiário esportivo, com participação de convidados e comentaristas de todo o estado, além da contribuição de ouvintes pelas redes sociais. O programa Esportes pelo Ar se estende até as dez da noite nas quintas-feiras.

Coordenada por José Augusto Toscano, a equipe esportiva contém três narradores, três comentaristas, cinco repórteres e quatro plantonistas, de olho no dia a dia da Seleção.

Quem estiver fora de Minas Gerais pode acompanhar a cobertura da Copa no site oficial da emissora.


4. Telesur


Para aqueles que compreendem o idioma espanhol, a TV pública venezuelana é uma ótima alternativa de cobertura com viés político, debates acalorados e irreverência.

O ponto alto da programação é a presença do craque argentino Diego Maradona, que terá um programa próprio durante a Copa. A atração De la mano del diez [“Das mãos do dez”] estreia hoje (13) às 23 horas, e será apresentado em parceria com o jornalista esportivo uruguaio Víctor Hugo Morales. Eles vão repetir a dobradinha que fizeram durante a Copa de 2014. Na época, o programa de debates se chamava De Zurda [“De canhota”].

A Telesur afirma que o programa oferecerá “uma análise profunda, certeira e respeitosa sobre os acontecimentos do Mundial da Rússia”.

Clique aqui para assistir à Telesur ao vivo na internet e acompanhe o Twitter criado pela emissora especialmente para conteúdos relacionados à Copa do Mundo 2018.


5. Brasil de Fato

Como você já sabe, o próprio Brasil de Fato tem uma página especial dedicada à cobertura da Copa.

Somos dois correspondentes no país-sede, e viajamos mais de dois mil quilômetros desde a segunda semana de maio para mergulhar nos costumes da Rússia e compreender as diferenças e semelhanças em relação ao Brasil.

A cobertura oferece transmissões ao vivo no Facebook de segunda à sexta, boletins diários na Rádio Brasil de Fato e reportagens exclusivas no portal. Os programas estaduais, que vão ao ar toda semana, também repercutem os boletins e trazem as informações mais recentes sobre o Mundial.

A hashtag oficial para interagir com a reportagem é #BdFnaCopa, que também pode ser usada para enviar críticas e sugestões de matéria durante o Mundial.

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal