Porto Velho (RO) terça-feira, 23 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Chuva de gols, jogos históricos e resultados surpreendentes marcam a Copa 2014


A segunda rodada da primeira fase chegou ao fim neste domingo (22.06) e a Copa do Mundo de 2014 já coleciona classificações surpreendentes, quedas antecipadas e goleadas históricas. A partir desta segunda, com o início da terceira rodada, os jogos do mesmo grupo passam a ser disputados em horários simultâneos, para que nenhuma seleção entre em campo já sabendo o resultado dos adversários da chave. Até quarta-feira, estarão definidos todos os classificados para as oitavas de final.

Com 32 jogos realizados até agora, o Mundial no Brasil tem média de gols de 2,93. O Grupo B - com Holanda, Chile, Austrália e Espanha - tem a incrível média de 4,25 gols por jogo. A média do Mundial do Brasil é ainda mais surpreendente se analisarmos os números das duas últimas edições do evento. Na Alemanha-2006, a média foi de 2,29 gols por jogo. No último Mundial, na África do Sul, em 2010, o número caiu para 2,26, a segunda pior da história das Copas. Até agora, a média de gols da Copa de 2014 é a mais alta desde o Mundial de 1970, que teve 2,96 gols por jogo em média. 

O Irã e a Grécia são as únicas seleções que não conseguiram marcar sequer um gol até agora. Mesmo assim, ambas ainda têm chances de classificação. Holanda e França dividem o posto de melhor ataque do Mundial, com oito gols marcados cada. Os franceses, no entanto, levaram apenas dois gols, um a menos que os holandeses. As melhores defesas são as de México e Nigéria, que ainda não foram vazadas.

Getty Images

Gente de Opinião

Gol da Costa Rica contra a Itália: 1 x 0, classificação antecipada para as oitavas de final e eliminação da Inglaterra

Surpresas e eliminações
A maior surpresa da Copa é a seleção da Costa Rica, que venceu Uruguai e Itália no Grupo D e garantiu uma vaga na próxima fase, eliminando a campeã mundial Inglaterra. Os costa-riquenhos ainda enfrentam os ingleses na próxima terça-feira (24.06), no Mineirão, em Belo Horizonte, para buscar o primeiro lugar da chave. No mesmo horário, Uruguai e Itália medem forças para decidir quem continua na Copa.

Outra campeã mundial que deu adeus antecipado foi a Espanha. Favorita ao título antes do início do torneio, os espanhóis perderam duas partidas seguidas, com uma incrível goleada de 5 x 1 para a Holanda e um 2 x 0 frente ao Chile, e agora apenas cumprem tabela nesta segunda na Arena da Baixada, em Curitiba, diante da Austrália, que também já está eliminada. Também nesta segunda-feira, às 13h, Holanda e Chile definem a primeira colocação do Grupo B em jogo marcado para a Arena Corinthians, em São Paulo.

Adversário do Brasil nesta segunda, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, Camarões também já não tem mais chances de passar de fase. A seleção africana perdeu duas vezes no Grupo A, incluindo uma goleada por 4 x 0 para a Croácia, e luta apenas por uma despedida digna diante dos anfitriões. A Seleção Brasileira, por sua vez, entre em campo a partir das 17h para tentar convencer, após um empate em 0 x 0 com o México, em Fortaleza.

Estreante em Copas do Mundo, a Bósnia e Herzegovina também vai embora para casa mais cedo. O time foi derrotado por Argentina e Nigéria e ficou sem chances de avançar no Grupo E. A despedida será contra o Irã, na Arena Fonte Nova, quarta-feira (25.06), às 13h. 

Além da surpreendente Costa Rica, as sensações da Copa até agora são o Chile, a Holanda, a França e a Colômbia. Todos venceram as duas partidas que disputaram e mostraram bom futebol. Os franceses aplicaram a maior goleada da segunda rodada, com um 5 x 2 sobre a Suíça. A Argentina, embora tenha vencido duas vezes e contado com dois gols de Lionel Messi para isso, ainda não convenceu, tendo escapado de um empate diante do Irã aos 46 minutos do segundo tempo.

Após o empate por 0 x 0 diante do México, o Brasil também espera retomar o caminho das vitórias diante de Camarões e entrar com moral nas oitavas de final. Neymar, com dois gols, é o destaque da Seleção, mas o topo da artilharia da Copa não tem nenhum brasileiro por enquanto. Os holandeses Robben e Van Persie dividem lugar com o francês Benzema, o alemão Thomas Müller e o equatoriano Enner Valencia. Cada um já marcou três vezes.

Claudio Medaglia/Portal da Copa

Gente de Opinião

Em verdadeira invasão laranja a Porto Alegre, torcedores holandeses tomaram conta das ruas da capital gaúcha antes de jogo contra a Austrália

Palcos do espetáculo
A festa dentro e fora dos estádios toma conta das 12 cidades-sede. Enquanto a alegria dos colombianos invadiu Belo Horizonte e Brasília, os moradores de Salvador e Porto Alegre se encantaram com os holandeses. As torcidas sul-americanas têm dado show em todos os jogos, tomando conta das arquibancadas e cantando os hinos a plenos pulmões.

Em apenas três jogos, a Arena Fonte Nova, em Salvador, já viu as redes balançarem 17 vezes, com uma incrível média de 5,66 gols por jogo. Goleadas históricas, Holanda 5 x 1 Espanha, Alemanha 4 x 0 Portugal e França 5 x 2 Suíça entraram não apenas para a história das Copas, mas também para a história da capital baiana.

Os torcedores que foram aos três jogos que o Beira-Rio recebeu até agora também assistiram a muitos gols: 14 no total. Porto Alegre também viu a história ser escrita. A Argélia, que não marcava um gol em Copas do Mundo há 28 anos, fez logo quatro na vitória por 4 x 2 sobre a Coreia do Sul no gramado do Beira-Rio.

Maracanã e Mineirão foram palcos de golaços do argentino Lionel Messi; a Arena da Amazônia assistiu Balotelli marcar o gol da vitória por 2 x 1 sobre a Inglaterra; a Arena das Dunas viveu uma verdadeira festa mexicana no 1 x 0 dos norte-americanos sobre Camarões; a Arena Pantanal cantou junto com os chilenos na vitória de 3 x 0 sobre a Austrália; a Arena Pernambuco dançou com os marfinenses quando a Costa do Marfim superou o Japão por 2 x 1; e a Arena da Baixada abrigou o calor dos equatorianos no triunfo de 2 x 1 sobre Honduras.

A Seleção Brasileira segue sua viagem pelo país com a última parada programada para o Maracanã, no dia 13 de julho, data da final da Copa. O Brasil já passou por São Paulo e Fortaleza e nesta segunda-feira joga no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Fonte: Portal da Copa

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 18 milhões

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 18 milhões

Esta semana serão realizados três concursos

Música e dança marcam a Caminhada Contra a Obesidade neste domingo no Espaço Alternativo

Música e dança marcam a Caminhada Contra a Obesidade neste domingo no Espaço Alternativo

A parceria entre o Instituto Vigor e a Fundação de Cultura de Porto Velho levou atividade física, música e dança Espaço ao Alternativo neste domingo,2

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu