Porto Velho (RO) terça-feira, 16 de outubro de 2018
×
Gente de Opinião

Esporte

Chefe da Delegação avalia participação de Rondônia nas Olimpíadas


 

Depois de uma semana de disputa nas Olimpíadas Escolares 2008, fase juvenil (15 a 17 anos), que terminam no próximo domingo, em João Pessoa (PB), o chefe da Delegação de Rondônia, Lênis Barros, avaliou como positiva a participação dos alunos atletas do Estado, considerando a série de dificuldades pelas quais a maioria passa até chegar a esta competição, começando pela distância dos grandes centros, onde geralmente estão os maiores investimentos no desporto. Restando apenas uma partida de basquetebol e outra de voleibol feminino marcadas para a tarde desta sexta-feira (14) contra as equipes de São Paulo e Rio Grande do Norte, respectivamente, Rondônia tem como saldo uma medalha de bronze, conquistada pelo nadador Guilherme Fronho; e a experiência adquirida pelos jovens que mantiveram contato durante as competições com atletas de extenso currículo, que integram, inclusive, as seleções brasileiras de base, além dos campeões olímpicos que marcaram presença em vários eventos.

“Os jogos atenderam às nossas expectativas e despertaram a consciência sobre a responsabilidade a que compete a cada um, seja atleta ou técnico. Mas não restam dúvidas que ainda há muito a ser feito, principalmente no que diz respeito à estrutura física para treinarmos nossos atletas. Mesmo assim, com toda dificuldade para trabalharmos melhor o rendimento dos atletas, tivemos bom desempenho, inclusive no atletismo”, observou, ressaltando que nas competições coletivas os atletas de Rondônia enfrentaram as equipes consideradas melhores, fato que serviu como treino para os jogos de 2009, na opinião do técnico Lenine Silva, do handebol feminino, que jogou a última partida contra o Sergipe, que conta com duas atletas do selecionado brasileiro.

Lênis Barros destacou a organização do evento, que tem à frente o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em parceria com a Prefeitura da Capital e paraibana, e também o apoio do Governo de Rondônia, que patrocinou a vinda dos atletas e comissão técnica de avião para evitar desgastes físicos caso a viagem fosse de ônibus, com duração média de quatro dias Além de possibilitar a vinda da equipe, conforme observou o chefe da Delegação, a administração estadual anda incentiva o esporte pagando hora extra aos professores de educação física (6 horas semanais e no máximo 26 ao mês) para treinarem os alunos em modalidades especificas, fora da grade curricular, para participarem de campeonatos, como os Jogos Escolares (Joer).

Rondônia ainda teve indicados três atletas do futsal para comporem a seleção escolar do COB: Witalo Carvais (pivô) do Cedusp, Lidiane Andrade (ala esquerda) e Geicilane Alves (ala direita), ambas da escola estadual João Bento da Costa. Geicilane ainda vai receber recursos do programa Bolsa Atleta.

Sobre a possibilidade de Rondônia sediar uma Olimpíada Escolar, Lênis Barros considera remota, pelo fato de ser necessária uma excelente estrutura hoteleira, de transporte e locais para as partidas, como quadras cobertas, piscinas e pistas de atletismo. Já lançaram candidatura para a de 2010 os Estados da Bahia e Sergipe, já que a próxima será em Londrina e Maringá (PR), enquanto a infantil (12 a 14 anos) será novamente em Poços de Caldas (MG). Ele ainda citou como fator positivo os eventos paralelos promovido pelo COB, a exemplo das palestras técnicas com representantes do Ministério dos Esportes, e reuniões entre os chefes de Delegações, quando foram elaboradas propostas para ser enviadas ao COB. “Mais um importante encontro está marcado para a primeira quinzena de dezembro, no Rio de Janeiro, que é um Fórum Nacional para deliberação de metas para o esporte no próximo ano”, adiantou Lênis Barros.

Os jogos escolares têm o apoio do Governo, por meio da Coordenação de Esporte e Cultura da Secretaria de Estado da Educação (CEC\Seduc), que têm como titulares, respectivamente, as professoras Márcia Cassol e Marli Cahulla, que não mediram esforços para garantirem a participação dos alunos em todas as modalidades, em atendimento ao governador Ivo Cassol, que vê nesses eventos a possibilidade de melhoria do ensino por promoverem interação e intercâmbio de informações entre as equipes.

Fonte: Veronilda Lima

Mais Sobre Esporte

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 27 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.086 da Mega-Sena, realizado hoje (10) em Joaçaba (SC).As dezenas sorteadas foram  04 - 35 - 43

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

Federação Rondoniense de Xadrez recebe Certificação do CONEDEL

O Presidente Gualter Amélio recebe das mãos de Luiz Carlos o Certificado de Registro de Entidade Esportiva devidamente qualificada, no Conselho Estadu

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 19 milhões

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2084 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quarta-feira (3), no Caminhão da Sorte