Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Brasil sente a pressão e perde para o Egito


Patrícia Serrão - Portal EBC

A torcida lotou o pavilhão 6 do Rio Centro na disputa pela medalha de bronze do vôlei sentado masculino. Apesar dos gritos incessantes de "eu acredito" e "vamos Brasil", a seleção masculina não conseguiu passar pela muralha do Egito. Perdeu por 3 sets a 2.

Gente de Opinião

Brasil perde o bronze para o Egito no vôlei sentado masculinoReuters/Ueslei Marcelino/Direitos Reservados

Todos os sets foram muito disputados. No primeiro set, o Egito ganhou de 28 a 26, no segundo set deu Brasil 31 a 29. O terceiro set também foi brasileiro 25 a 19. O Brasil chegou a ficar na frente em alguns momentos do quarto set, mas não conseguiu segurar e o Egito ganhou de 25 a 22. E no tie-break o Egito jogou melhor que o time brasileiro e conquistou a vitória por 15 a 13.

Este foi o melhor resultado da seleção em jogos paralímpicos. Apesar disto, o técnico brasileiro Fernando Guimarães estava muito irritado com o resultado. "Eu acho que a gente não perdeu em um detalhe não, foi na falta de atitude", diz.

"Uma coisa é você falar 'vamo', gritar, mas outra coisa é realmente estar sentindo isto. Acho que a gente não soube lidar com a pressão desde o começo do campeonato. A gente está o tempo inteiro jogando abaixo do que a gente pode jogar. Este terceiro lugar ia ser um consolo, mas não ia ser o que eu queria.", conta o técnico.

A maior parte dos jogadores saiu chorando de quadra. O único que parou para conversar com a imprensa foi Gilberto Lourenço, o Giba, um dos mais velhos do time. Ele consolou os jogadores mais novos e lamentou a derrota. 

"Infelizmente mais uma derrota dentro de casa. Uma coisa que não poderia, o nosso objetivo era sair com uma medalha, infelizmente não saiu. Mas é erguer a cabeça. Qualidade de treino a gente tem que ver isso também.  Como eu falei para os meninos agora: 'vamos parar de chorar porque não foi uma derrota aqui. Enquanto eles se prepararam quatro, cinco anos o Brasil se preparou dois meses.' Agora infelizmente é amargar com a derrota dentro de casa. A medalha não veio desta vez."

Na fase de grupos, o Brasil ganhou dos Estados Unidos (3-0), perdeu para o Egito (2-3) e ganhou da Alemanha (3-1). Já nas semifinais, perdeu para o Irã (3-0) e se despediu das paralimpíadas disputando a medalha de bronze contra o Egito (2-3).

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal