Porto Velho (RO) sábado, 23 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Esporte

Brasil ocupa sexto lugar nos Jogos Pan-Americanos


Iara Falcão – Correspondente da Agência Brasil/ EBC

Gente de Opinião

Eu me sinto solta no solo, gosto de fazer a coreografia linda, sorrindo, sendo carismática, feliz , disse a ginasta Flavia Saraiva ao conquistar a medalha de bronze no individual geral dos Jogos Pan-americanosFoto divulgação/Comitê Olímpico Brasileiro

O Brasil caiu, ontem, 13, para sexto lugar no quadro geral de medalhas dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Mesmo tendo conquistado mais duas medalhas de ouro, duas de prata e sete de bronze, o país está atrás de Colômbia e México, que ocupam a quarta e quinta posições, respectivamente. Canadá, Estados Unidos e Cuba lideram ocupando as três primeiras colocações na competição.

Os dois novos ouros brasileiros vieram das vitórias de Thiago Camilo, do judô na categoria até 90 quilos (kg), e de Isaquias Queiroz, na canoagem velocidade. As pratas foram alcançadas pela dupla Ingrid de Oliveira e Giovanna Pedroso nos saltos ornamentais sincronizados na plataforma de 10 metros, e pela dupla Isaquías Queiroz e Erlon Silva, também na canoagem velocidade. A modalidade fez ainda dois bronzes, vindos de Ana Paula Vergutz e da dupla Celso Oliveira Junior e Vagner Junior Souto.

Os outros cinco bronzes foram conquistados por Maria de Lourdes Portela, do judô, na categoria até 70 kg; Mariana dos Santos Silva, também do judô, na categoria até 63 kg; Vitor Penalber, ainda do judô, na categoria até 81 kg; Bruna Luana Nascimento Piloto, no levantamento de peso, categoria até 63 kg, e Flávia Saraiva, na ginástica artística.

O bronze de Flávia Saraiva teve um brilho especial. A ginasta, de 15 anos – a atleta mais jovem da delegação brasileira – disputou na prova individual em todos os aparelhos e encantou as cerca de 5 mil pessoas presentes no Ginásio Toronto Coliseum. Em várias de suas evoluções nas barras assimétricas, no cavalo, e mesmo na trave, onde teve um rápido desequilíbrio, a platéia aplaudiu a atleta. Mas foi no solo que Flávia conquistou o público, esbanjando graça nos movimentos e simpatia no sorriso largo. À medida que desenvolvia sua rotina sobre o tablado, os espectadores acompanhavam o ritmo da música tema com palmas.

A razão para o carisma? A pequena de 1metro e 33 de altura, explica:

“Eu me sinto solta no solo, eu gosto de fazer a coreografia linda, sorrindo, sendo carismática, feliz.”

Em seu primeiro Pan, a moça com jeito de menina diz que não esperava a medalha: “Eu não tinha certeza. Eu estava vindo para dar o meu melhor. Aí, dei o meu melhor e ganhei a medalha”. Espontânea e carinhosa, Flávia dedicou o prêmio à amiga e também ginasta Rebeca Andrade, que não pode vir para Toronto por causa de uma lesão no joelho.

“Eu queria dedicar isso daqui para a Rebeca. Eu fico muito feliz com essa medalha, mas ficaria muito mais feliz se ela estivesse aqui,” declarou.

Mais Sobre Esporte

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos  e campeão mundial

Morre ex-jogador Coutinho, célebre parceiro de Pelé no Santos e campeão mundial

Morreu hoje (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

Tetracampeão Juventude estreia com vitória na Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol

O Juventude Esporte Clube da Linha 6, tetracampeão da Taça Regional Cacoal Selva Park de Futebol Amador (2010, 2013, 2015 e 2016) , começou bem sua pa

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

Pela terceira vez Brasil: Gabriel Medina é bicampeão mundial de surfe no Havaí

O paulista de Maresias, Gabriel Medina, conquistou o bicampeonato nesta segunda-feira ao vencer o sul-africano Jordy Smith e avançar à final em Pi

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Ginasta da rede municipal concorre a prêmio esportivo em Porto Velho

Estudante foi indicada ao prêmio pela Federação Rondoniense de GinásticaA Ginasta Wenddy Naelly Cruz Pimentel, de 11 anos, do Clube Escola Municipal