Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

Saiba como usar a urna eletrônica


 

Luana Lourenço
Agência Brasil

A urna da votação deste domingo (26), quando ocorre o segundo turno das eleições, será a mesma, bem conhecida dos brasileiros. No teclado, que se parece com o de um telefone, basta digitar os números dos candidatos e confirmar para que o voto seja concluído.

Ao chegar ao local de votação, o eleitor será identificado pelos mesários e, em seguida, terá acesso à cabine de votação, garantido o sigilo do voto. Antes, deverá deixar deixar celulares, tablets e outros aparelhos eletrônicos próximos aos mesários. Fotografias da urna e do próprio voto são proibidas pela Lei Eleitoral e podem levar à prisão.

Nos estados em que há segundo turno para governador, o eleitor vai começar votando nesse cargo. Deve digitar os dois números do candidato escolhido. Na tela, aparecerão a foto, o número, o nome e a sigla do partido do candidato. Se as informações estiverem corretas, basta apertar a tecla verde CONFIRMA. Se os dados não estiverem certos, é preciso apertar a tecla laranja CORRIGE e digitar novamente o número escolhido.

Em seguida, a urna vai pedir que o eleitor digite o voto para presidente da República, que também tem dois dígitos. Novamente, aparecerão na tela a foto, o número, o nome e a sigla do partido do candidato. Se as informações estiverem corretas, a tecla verde confirma o voto. Se os dados não estiverem certos, a tecla laranja corrige e o eleitor digita novamente o número de seu candidato.

Onde não houver segundo turno para governador, os eleitores só votarão para presidente da República.

Caso deseje votar em branco, basta apertar a tecla BRANCO e, em seguida, a tecla CONFIRMA. Se o eleitor digitar um número não existente e confirmar com a tecla verde, o voto será anulado.

Quando o eleitor termina de votar, a urna eletrônica emite um sinal sonoro e a tela mostra a mensagem FIM. O eleitor deve sair da cabine de votação, pegar seu documento e o comprovante de votação com o mesário e liberar a seção para o próximo da fila.

Não há tempo máximo para que o eleitor use a urna eletrônica, e os mesários não estão autorizados a auxiliar o voto.

Para facilitar o voto e agilizar a votação, a Justiça Eleitoral recomenda que o eleitor leve a chamada “cola eleitoral”, com anotações dos números dos candidatos escolhidos.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem um simulador de votação da urna eletrônica, que representa fielmente o teclado do dispositivo e permite que o eleitor treine para a votação.

Quem tiver dúvida ou não souber seu local de votação, pode consultar as informações no site do TSE. A pesquisa pode ser feita pelo número do título de eleitor ou pelo nome, data de nascimento e nome da mãe.

Confira a ordem de votação na urna eletrônica:

Em estados onde há segundo turno para governador

1º - governador (dois dígitos)

2º - presidente da República (dois dígitos)


Em estados onde não há segundo turno para governador

1º - presidente da República (dois dígitos)

Eleições 2014: Participe da cobertura da EBC nas redes sociais com a hashtag #votoavoto

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por