Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

PT oficializa Padre Ton como candidato a governador e não lança senador para não prejudicar Acir


Numa reviravolta surpreendente, ‘aos 47 minutos do segundo tempo’, o PT de Rondônia conseguiu fugir do assédio e do cerco feito pelo PMDB para obrigar os petistas a subirem no palanque de Confúcio Moura. Por decisão unânime os convencionais do partido aprovaram a candidatura de Padre Ton ao governo, durante a convenção realizada na tarde de segunda-feira (30) na sede do PT em Porto Velho. Foram aprovadas ainda as nominatas de deputados estaduais e federais; além de coligações com outros partidos nas proporcionais e na indicação do vice.

Atendendo a uma orientação da direção nacional da legenda, o PT decidiu não lançar candidatura ao senado, pois havia um entendimento prévio entre as direções nacionais do partido e do PDT, dentro da aliança nacional de apoio a presidenta Dilma, para que em Rondônia o PT não disputasse a vaga de senado contra o senador Acir Gurgacz. Com isso os militantes e eleitores do PT estarão liberados para o voto ao senado nestas eleições.

O PT vem com uma forte nominata própria para deputado federal, além dos nomes de partidos aliados, com o objetivo de manter as atuais duas vagas na Câmara dos deputados e expectativa de ampliar mais uma. Fazem parte da nominata federal o deputado federal Anselmo de Jesus, a ex-senadora Fátima Cleide, o vereador da Capital Sid Orlans, o presidente do diretório municipal de Porto Velho Antônio Ferreira, o ex-prefeito da Capital Roberto Sobrinho, Cláudia do Posto de Buritis e o sindicalista Itamar da CUT. Para deputado estadual o PT apresenta uma robusta nominata própria, capaz de manter as três vagas atuais e com possibilidade de disputar uma quarta vaga.

Depois das seguidas investidas do PMDB, que no entendimento dos petistas estava desesperado para ter o PT no palanque de Confúcio Moura, com publicações rotineiras na imprensa tentando desmotivar a militância do partido da estrela afirmando que seriam obrigados a apoiar “na marra” o atual governador, a aprovação da candidatura própria provocou verdadeira euforia nos petistas, que vibraram e festejaram durante horas o desfecho que todos queriam: candidatura própria com Padre Ton ao governo.

 

FONTE: ASCOM / PT RONDÔNIA

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por