Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

Para Expedito, é possível resgatar credibilidade na saúde



Depois de anos e anos sem grandes avanços na área da saúde pública, apesar da prioridade prometida pelo médico e atual governador do Estado, o candidato ao governo pela coligação Muda Rondônia, Expedito Junior, acredita na possibilidade de resgatar a credibilidade e oferecer um serviço de melhor qualidade à população.

“O atual governo foi bastante beneficiado com as obras de compensação social das usinas do rio Madeira na área da saúde, como a construção do hospital infantil São Cosme e Damião, a nova policlínica Oswaldo Cruz e a ampliação do Hospital de Base, entre outros, mas os problemas mais crônicos continuam os mesmos”, avalia o candidato.

Segundo Expedito, o pronto socorro João Paulo II, por exemplo, apesar de toda a exposição midiática feita pelo atual governo no início de sua gestão, quando trouxe à Rondônia o Jornal Nacional para mostrar o quadro calamitoso que se encontrava, continua na mesma situação de há quatro anos. “Apesar da dedicação dos servidores, pacientes lotam corredores, num ambiente fétido e degradante”.

Um dos principais problemas elencados pelo candidato tucano está relacionado ao tempo de espera para a marcação de cirurgias, com ênfase às ortopédicas, que é de meses. O ponto de estrangulamento hoje no pronto socorro é causado pelos altos índices de acidentes de trânsito, especialmente de motocicleta, porém, o governo não foi capaz de promover uma política pública eficiente de prevenção destes acidentes, pela total falta de articulação com as autoridades municipais.

Outro grande problema é a regulação, serviço cujo objetivo seria agilizar as consultas, mas que na realidade não funciona devido a falta de comunicação entre os sistemas estadual e municipais e o consequente desnível entre os procedimentos administrativos.

INSATISFAÇÃO

Duas pesquisas de âmbito nacional feitas neste ano pelo Datafolha, uma no mês de abril, para o site UOL e outra no mês de junho, encomendada pelo Conselho Federal de Medicina, mostram a insatisfação do povo brasileiro com a saúde pública. Em relação somente ao Sistema Único de Saúde (SUS), a insatisfação é de 87% da população. Além disso, 29% declararam estar esperando marcação de consulta, exame ou cirurgia há pelo menos seis meses no SUS. Em Rondônia, esse quadro não é diferente.

SUGESTÕES

Para reverter essa situação e oferecer um serviço de qualidade que atenda às necessidades da população, Expedito Junior pretende avançar nas questões operacionais. Apesar da correria e exiguidade de tempo da campanha eleitoral, uma delas é abrir um diálogo com a classe médica acerca da criação da carreira de Estado para a categoria.

É uma medida que foi adotada e vem dando muito certo, por exemplo, no Estado de São Paulo. “Vamos levar esse tema para discussão. Acredito que seja uma forma de garantir melhor atendimento à população, vez que estabelece a dedicação exclusiva dos médicos e oferece progressão de carreira e capacitação permanente, dentre outras. É uma possibilidade que vamos levar adiante”, considera Expedito.

Outra medida que vem sendo discutida com sua equipe de planejamento para o setor da saúde, diz respeito à descentralização dos recursos orçamentários e financeiros para as unidades do interior, com registro de preços para evitar falhas, como a falta de insumos básicos, devido à burocracia. Expedito Junior pretende estabelecer também um diálogo com as universidades que possuem cursos de saúde, para que possa criar mecanismos de contribuição efetiva a rede saúde estadual.

Fonte: Ascom

 

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por