Porto Velho (RO) domingo, 23 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

Confúcio defende que mandato de cinco anos


O candidato à reeleição ao governo estadual pela Coligação Rondônia no Caminho Certo, o médico Confúcio Moura foi o primeiro a participar de uma série de entrevistas realizadas no programa ‘Fala, Rondônia’, da Rede TV!, em Porto Velho, nesta segunda-feira (1º). Durante 30 minutos, Confúcio foi entrevistado pelo jornalista Marcelo Bennesby e falou sobre melhorias na saúde, reforma administrativa, ética na política e assuntos relacionados à campanha e planos para os próximos quatro anos de governo.

Confúcio foi indagado porque decidiu concorrer à eleição. O candidato disse que ao trabalhar no governo, foi construindo obras e serviços e se tudo estivesse feito, argumentou, ele não iria disputar mais nenhuma eleição. Justamente pelo fato de inúmeras obras em andamento, muitas ações para concluir no estado, Confúcio afirmou não ainda estar satisfeito com que fez e pretende realizar ainda mais e por isso está concorrendo à reeleição.

Disse também que existe a necessidade de transmitir informações corretas para o eleitor e para que assim cada um possa chegar a um juízo de valor e então decidir seu voto. Quatro anos é um tempo curto e em seu ponto de vista o ideal seriam cinco anos de mandato único, pois assim não seria necessária a reeleição.

O candidato ressaltou que uma das mazelas políticas responsáveis pelo atraso do estado e do Brasil é descontinuidade administrativa. Ao assumir o governo de Rondônia, Confúcio deu continuidade a todas as obras iniciadas no governo anterior. Concluiu todas e não deixou nenhuma parada.

Foram deixadas várias rodovias licitadas e iniciadas e àquelas que faltavam verbas, ele como governador completou e finalizou as obras. Em alguns locais faltam apenas trechos curtos, declarou.

Em seu ponto de vista, o que está bom precisa ter continuidade, não é preciso desmantelar o estado. O prejuízo é enorme e quem perde mais é a população. “Devemos lembrar que não se trata de política de governador, mas de política de estado” falou.

Confúcio aproveitou para exemplificar sua administração citando obras do governo anterior e que ele está dando continuidade. O Palácio Rio Madeira foi iniciativa da administração passada e Confúcio investiu para concluir o prédio onde já trabalham seis mil funcionários.

O Teatro Municipal de Porto Velho, chamado de Palácio das Artes, estava com projeto pronto e em andamento, estava parado há 18 anos. Se fosse alegar que nada estava certo, comentou o candidato, teria paralisado a obra. Pelo contrário, demos continuidade. Um dos teatros foi entregue e o outro será inaugurado no próximo dia 26 deste mês.

Sobre ética na política, o candidato defende que se uma pessoa aceita um cargo público não pode ter outro interesse a não ser o de apresentar vantagens para a população e jamais para si ou visando beneficiar determinados grupos. Confúcio afirmou ser a favor da reforma política e vem debatendo sobre o tema desde o mandato como deputado federal, porém não percebe avanços nesta questão, na verdade, segundo sua análise, houve, de fato, uma acentuada piora.

Durante a entrevista, Confúcio também respondeu sobre as mudanças na saúde pública. O hospital do futuro, denominado pelo governador como Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia (Heuro), está em construção numa área de 17 mil metros quadrados. E será entregue dentro de um ano e meio a dois com total de 306 leitos, inclusive leitos de observações, UTI, e heliporto para remover pacientes em estado graves.

Para Confúcio, o mais fácil é construir e equipar, porém, o caro mesmo é fazer funcionar. O governo anterior deixou o Hospital de Cacoal pronto. Porém, relatou o candidato, não funcionava. O hospital foi inaugurado antes da hora, mas quem colocou para funcionar foi o governador eleito no pleito de 2010. Foi ele, lembrou Confúcio, o responsável por abrir o Hospital de São Francisco que mesmo estando pronto para o atendimento estava trancado. Nós fizemos os ajustes, equipamos e hoje está em funcionamento.

O candidato Confúcio falou da implantação do Serviço de Atendimento Domiciliar para aqueles pacientes em longa recuperação. Para esses pacientes, foi criado este novo serviço, que conta com quatro equipes completas divididas pela cidade. O candidato informou que são atendidos entre 120 a 150 pacientes com toda a assistência, medicamentos, tudo que eles precisarem.

Para reforçar o atendimento, completou Confúcio, foram contratados leitos de retaguarda, no total de 20 na Santa Marcelina e ampliamos o Hospital de Base, com mais 120 leitos para absorver a excessiva procura e demos velocidade às cirurgias ortopédicas, que mais lotam o hospital.

O candidato destacou Rondônia como o estado responsável por 20 por cento da exportação de carnes do Brasil. A piscicultura também cresceu, passando de uma produção de 10 mil toneladas para 80 mil toneladas.

Em suas considerações finais, Confúcio agradeceu a oportunidade e disse que os compromissos com a população, neste primeiro mandato foram ou estão sendo cumpridos. Disse ainda que é um político preparado, com experiência para mais quatro anos de mandato e é ficha limpa.


Lembrou que tem três mandatos de deputado federal, prefeitos duas vezes de Ariquemes, secretário de saúde do governo Jerônimo Santana, e agora governador de Rondônia.

Disse ter os requisitos necessários para garantir ao eleito à segurança do voto. Comentou que nele o voto não é um risco, mas sim o voto seguro, pois a população conhece o trabalho realizado nos últimos quatro anos. Aqueles que ainda não sabem tudo o que ele fez pelo estado ainda há tempo para se informar e julgar o candidato ideal e pediu votos para o 15.

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por