Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

Começa prazo para partidos e candidatos prestarem contas à Justiça Eleitoral


 
Da Agência Brasil

Os partidos políticos e candidatos às eleições de outubro devem apresentar, a partir de hoje (28), à Justiça Eleitoral a primeira prestação de contas de campanha. O prazo termina no dia 2 de agosto. A entrega das informações é obrigatória. De acordo com a Lei Eleitoral, os candidatos que tiverem as contas consideradas irregulares podem ser cassados, mesmo após tomar posse.

Nos documentos que deverão ser entregues, os comitês financeiros de campanha terão de discriminar os recursos recebidos em dinheiro para financiar os candidatos e os gastos que foram feitos, além dos doadores.

Cabe ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e aos tribunais regionais eleitorais julgar as informações fornecidas. A Justiça Eleitoral poderá aprovar as contas, se estiverem regulares; aprová-las com ressalvas, quando as falhas não comprometerem as contas; e desaprová-las, quando estiverem irregulares.

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por