Porto Velho (RO) sábado, 22 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Eleições 2014

Aécio firma compromisso com Expedito Jr pela transposição


 
A enrolação com que os servidores ex-Território Federal de Rondônia vêm sendo tratados pelos Governos Federal e Estadual na questão da transposição está com os dias contados. Nesta segunda-feira (13) o candidato a presidente da República pelo PSDB, Aécio Neves, gravou um vídeo-compromisso firmando com o candidato ao governo pela coligação Muda Rondônia, Expedito Junior, e com os próprios servidores, no qual assume a responsabilidade pela efetivação da transposição logo nos primeiros dias de seu governo, a partir de janeiro.

O depoimento no qual os dois colegas de partido aparecem juntos começará a ser veiculado no horário eleitoral gratuito de Expedito Junior a partir da noite desta terça-feira (14). O vídeo institucional pretende mostrar a forma séria e responsável com que os candidatos do PSDB vão tratar as demandas da população.

DESCASO

No dia 5 de julho de 2011, numa grande cerimônia realizada na antiga boate Quéops, em Porto Velho, atual Talismã 21, a presidente Dilma Roussef, assinou o decreto que regulamentava a PEC da Transposição, num evento em que foi freneticamente aplaudida por milhares de servidores, mas que não passou de mero acontecimento protocolar. “Com a assinatura deste decreto, o Governo Federal resgata uma dívida histórica com o Estado de Rondônia”, comemorou a presidente na ocasião.

Quase três anos depois, no dia 24 de abril do ano passado, a presidente Dilma Roussef sancionou a lei 12.800, mantendo o texto aprovado no Congresso Nacional, o que também não passou de mais um capítulo da extensa novela. Na verdade, desde julho de 2011, ao longo destes mais de três anos, com o apoio da bancada do PMDB e do próprio governo estadual, os servidores com direito ao benefício vêm sendo manipulados com informações falsas e justificativas que não se sustentam.

DIREITO

Agora, com o compromisso firmado por Aécio Neves, os servidores finalmente vão alcançar um direito já reconhecido há anos aos servidores de outros ex-territórios como Amapá e Roraima. “Vamos usar o dinheiro que será economizado com a transposição para a melhoria salarial dos próprios servidores”, disse Expedito.

O candidato tucano também se pronunciou a respeito da emenda (PEC 11/2014) aprovada por unanimidade em dois turnos em maio deste ano pelo Senado, cujo relator foi o senador José Sarney, que estende a transposição dos servidores do Amapá e Roraima contratados até outubro de 1993. “Caso isso seja efetivado, vamos exigir o mesmo tratamento para com nossos servidores”, avisou Expedito.

Fonte: Ascom

 

Mais Sobre Eleições 2014

65 milhões de panettones foram produzidas para Natal 2014

A produção dos panettones da Visconti está a todo vapor desde setembro de 2014 e junto com as outras marcas da Pandurata, espera encerrar o ano com 65

TSE registra 290 milhões de acessos no período eleitoral

  Da Agência Brasil O número é 974% maior que o registrado no período não eleitoral, quando a média fica em torno de 27 milhões de acessos. De acordo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

No Jornal da Record: Dilma diz que 'mercado vai acalmar' e propõe diálogo

247 - Um dia depois da disputa pelo segundo turno, em sua primeira entrevista após a vitória, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) afirmou, nesta

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

Confúcio mira na saúde anuncia Hospital do Câncer da Amazônia

  O anúncio feito na manhã desta segunda-feira (27) durante coletiva de imprensa pelo governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) que foi aplaudido por