Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Trabalho destaca Sala Verde da São Lucas em Fórum


Trabalho destaca Sala Verde da São Lucas em Fórum de Educação Ambiental
O Projeto Sala Verde da Faculdade São Lucas, polo fomentador de grande importância para a extensão universitária na área de educação ambiental no âmbito de Rondônia, é destaque em trabalho produzido pela acadêmica Jéssica Umbelino Marreira, do 7º período do curso de Ciências Biológicas da FSL, com a orientação da professora Maricélia Cantanhede. O trabalho “Projeto Sala Verde na Faculdade São Lucas: A Educação Ambiental como Extensão em Porto Velho” foi apresentado durante o 7º Fórum Brasileiro de Educação Ambiental, realizado no início deste mês na cidade de Salvador (BA). A Sala Verde é um Projeto do Governo Federal, coordenado pela Diretoria de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, que consiste no incentivo à implantação de espaços sócio-ambientais. Em Rondônia, o projeto foi encampado pela Faculdade São Lucas que o incorporou ao seu programa de extensão universitária, inaugurando o Núcleo de Educação Socioambiental Sala Verde em 2005. Trata-se de um espaço de múltiplas potencialidades destinado às discussões, pesquisas e estudos ambientais, culturais e sociais. O núcleo desenvolve vários projetos de pesquisas e de produção do conhecimento em benefício do meio ambiente, sendo muitos deles resultados da iniciativa dos próprios acadêmicos que participam das atividades, desde a fase de elaboração até a sua execução.

A Sala Verde da Faculdade São Lucas também funciona como uma biblioteca ambiental e centraliza a execução dos projetos de extensão da faculdade em seu núcleo, proporcionando ao acadêmico a oportunidade de participar de todos os processos de extensão universitária. Atualmente, várias escolas, instituições, órgãos públicos e privados de Rondônia já firmaram parceria para participar das atividades desenvolvidas pela Sala Verde da Faculdade São Lucas. Em 2011, a Sala Verde desenvolveu 30 atividades, envolvendo uma equipe de 140 acadêmicos do curso de Ciências Biológicas da instituição, prestando atendimento a aproximadamente 3 mil pessoas. Foram palestras motivacionais e de sensibilização ambiental, cursos de capacitação em resíduos sólidos e educação ambiental, oficinas educativas, desenvolvimento de projetos, campanhas de sensibilização e conscientização ambiental, participação em semanas temáticas, feiras de ciências e atividades envolvendo a comunidade. As ações foram realizadas em escolas, associações e órgãos públicos, dentre outros, na capital e em outras cidades do interior do estado. O trabalho da acadêmica Jéssica Umbelino Marreira destaca que com a implantação do Projeto Sala Verde foi possível constatar que a mudança de comportamento do ser humano está atrelada à educação oferecida, bem como às oportunidades para que possam desenvolver suas habilidades e oferecer à comunidade técnicas, orientações e atendimentos básicos adquiridos na academia. A Sala Verde contribui para que educação ambiental no ensino superior seja desenvolvida com a responsabilidade de tratar o meio ambiente em todas as suas formas e no nível de profissionalização.

Fonte: Chagas Pereira
 

Mais Sobre Educação

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam