Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Sintero tem a primeira audiência na Seduc


A direção do Sintero teve nesta quarta-feira, dia 06/02, a primeira reunião com a secretária de Estado da Educação, Izabel Luz, para discutir o atendimento da pauta de reivindicações 2013 dos trabalhadores em educação estaduais. Além da diretoria executiva do Sintero, participaram da reunião diretores das Regionais da Capital e do interior.

De acordo com a direção do Sintero, inicialmente a reunião tinha a finalidade de discutir os problemas mais urgentes da categoria, como os erros no pagamento das progressões, o início do ano letivo e a Portaria 446, já que no período de 18 a 22 de fevereiro os trabalhadores em educação serão convocados para assembleias em todo o Estado.

A leitura de todos os pontos da pauta de 2013 foi feita, e a reunião foi estendida para que se desse início às rodadas de negociações visando ao atendimento das reivindicações.

 

Portaria 446

 Quanto à Portaria 446, ficou esclarecido que o período das aulas da “recuperação paralela” deve ser cumprido dentro das 27 aulas.

O artigo 2º, parágrafo 4º da Lei nº 11.738/2008 estabelece que “Na composição da jornada de trabalho, observar-se-á o limite máximo de 2/3 (dois terços) da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os educandos”.

Para os professores que possuem contrato de 40 horas semanais, esse limite corresponde a 26,66, que é arredondado para 27 horas. O artigo 15 da Portaria nº 446 estabelece que “cada escola elaborará seus Projetos de Operacionalização do Horário de Planejamento, da Recuperação e Reforço Escolar DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO VIGENTE”. Ou seja: a direção da escola não poderá exigir dos professores uma carga horária maior do que a estabelecida na Lei Complementar nº 680, de 7 de setembro de 2012..

 

Progressões

A respeito das progressões, a Seduc admitiu a existência de erros e já anunciou medidas para fazer as correções. Durante a reunião a secretária fixou o prazo de 28 de fevereiro para receber os requerimentos dos trabalhadores que constatarem erros no cálculo das progressões.

A Seduc se comprometeu em analisar cada caso individualmente para efetuar o pagamento no mês de abril. Isso porque o cálculo da progressão é individual, de acordo com o tempo e a situação de cada trabalhador.

 

Pauta de reivindicações 2013

Após a leitura da pauta de reivindicações de 2013, elaborada e aprovada pelos trabalhadores em educação estaduais em assembleias realizadas em todas as regionais, a secretária Izabel Luz disse que para dar uma resposta, necessita de um prazo maior, pois precisa conversar com o governador Confúcio Moura sobre o assunto.

Segundo ela, os itens que demandam recursos financeiros precisam ser discutidos com o setor financeiro do governo após a verificação do impacto na folha de pagamento.

O próximo encontro está marcado para o dia 28 de fevereiro. O Sintero solicitou à Seduc que para a próxima reunião é importante a participação do governador Confúcio Moura.

A direção do Sintero espera que a Seduc tenha uma resposta o mais rápido possível, e que o governo possa negociar o atendimento das reivindicações de maneira que atenda às necessidades dos trabalhadores em educação.

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc