Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Semed prorroga prazo de entrega de currículos


A secretaria municipal de Educação (Semed) prorrogou até o dia 24 de fevereiro o prazo para a entrega de currículos de alfabetizadores para o programa do Governo Federal ‘Brasil Alfabetizado’, voltado a atender jovens a partir dos 15 anos, adultos e idosos (até os 70 anos). O objetivo é proporcionar a elevação da escolaridade no país.

A Prefeitura de Porto Velho aderiu ao programa por entender que uma população com acesso à educação, aprende a ler e escrever e adquire conhecimento dos seus direitos, deveres e de cidadania. “A meta é atender pelo menos 450 alunos na zona urbana e 250 na zona Rural”, explica Luciane Lina Ferreira de Souza, chefe da Divisão de Educação para Jovens e Adultos (Dieja).

Segundo ela para ser um alfabetizador o interessado deve entregar na divisão, um currículo que atenda a requisitos como ter no mínimo o Ensino médio completo. “O alfabetizador deve dispor de um espaço para as atividades, que pode ser em sua própria casa, escola, associações, igrejas. Ele identificará em sua comunidade pessoas que querem e necessitam se alfabetizar e deve respeitar o limite mínimo de 14 para a área urbana e 07 para a área rural, sendo o limite máximo de vinte e cinco alfabetizandos por turma”, acrescenta Luciane.

A chefe de divisão esclarece, que o alfabetizador é capacitado pela Semed sobre o programa, a didática, objetivos e diferentes metodologias. “Ele estará capacitado e trabalhará com alunos, de diferentes idades, não só o português como a matemática”, disse.

Como funcionará

Os cursos de alfabetização terão duração de oito meses ininterruptos com no mínimo, trezentas e vinte horas-aula. A carga horária semanal será de dez horas, que são distribuídas a critério do alfabetizador.

O alfabetizador recebe, além da declaração de voluntariado, uma bolsa de R$ 250 mensais por turma de no mínimo 14 alunos e pode ser responsável por até duas classes, desde que uma delas tenha no mínimo 20 alunos. Para a zona rural o valor é o mesmo para turmas de pelo menos sete alunos. Se houver na classe alunos Portadores de Necessidades Especiais (PNE) e valor passa a ser R$ 275.

A Semed disponibiliza material didático, uniformes, formação inicial e continuada para os alfabetizadores e a merenda escolar;

Para esclarecimentos pelo telefone 3901-3317. Ou na Divisão de Educação de Jovens e Adultos- Semed – Rua Aparício de Moraes, Nº. 3619, Bairro: Setor Industrial.

Fonte: Rebeca Barca

 

Mais Sobre Educação

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Foi prorrogada até o dia 20/12/2021 a seleção de alunos que ingressarão no primeiro semestre de 2022 no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tec

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a