Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

RONDÔNIA ENTRE OS ESTADOS QUE NÃO GARANTEM UNIVERSALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA


 
Um trabalho realizado por duas entidades representativas dos Tribunais de Contas – a Associação dos Membros dos TCs (Atricon) e o Instituto Rui Barbosa (IRB) – revela que os estados brasileiros enfrentam dificuldades para universalizar o acesso à educação básica. Com relação ao Estado de Rondônia, o levantamento aponta que, até 2014, mais de 28 mil crianças e jovens na faixa de 4 a 17 anos ainda estavam fora das salas de aula.

 

A pesquisa foi elaborada pelo grupo de trabalho formado pela Atricon/IRB e composto por conselheiros e procuradores dos Tribunais de Contas do Brasil, conforme acordo de cooperação firmado com o Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 

O levantamento compôs o Mapa da Universalização da Educação Básica no Brasil (disponível no link:https://public.tableau.com/profile/renato.pedroso.lauris#!/vizhome/MapaMetas_v5/Dashboard_nroabs), que mostra a situação de cada Estado e do Distrito Federal quanto às Metas 1 (universalização do acesso à Pré-Escola da população de 4 a 5 anos) e 3 (universalização do acesso da população de 15 a 17 anos) do Plano Nacional de Educação (Lei Federal nº 13.005/2014). O prazo para que essa população esteja na escola termina em 2016. O compromisso existe desde a aprovação da Emenda Constitucional nº 59 de 2009, ou seja, há 7 anos.

 

RONDÔNIA

 

Com relação a Rondônia, os números mostram o Estado com 83,8% das crianças de 4 a 5 anos regularmente matriculadas na pré-escola, abaixo do percentual estabelecido na Meta 1 (pré-escola), que é de 95%. Em termos de percentual da meta na região Norte, Rondônia é o segundo colocado, atrás de Roraima (89,9%).

 

Ainda segundo o mapa produzido pela Atricon/IRB, Rondônia tem, nessa faixa-etária, uma taxa de não atendimento escolar de 16,2%, ou seja, 9.066 crianças estão fora das salas de aula. Nesse quesito, Roraima tem taxa de 10,1%.

 

Já em relação ao ensino médio (Meta 3), o Estado de Rondônia, com 75,6% dos jovens entre 15 a 17 anos na escola, está abaixo da meta estabelecida, que é de, pelo menos, 90%. Entre os estados da região Norte, Rondônia está atrás de Amapá (83,6%), Tocantins (82,9%), Pará (82,7%), Amazonas (79,8%) e Roraima (77,7%), superando apenas o Acre (74,5%).

 

A taxa de não atendimento escolar do Estado de Rondônia no ensino médio é de 24,4%, registrando 19.901 jovens fora da escola. Nesse quesito, o Amapá, primeiro colocado na região Norte, tem 16,4% de taxa de não atendimento.

 

AÇÃO DOS TCS

 

A partir desse diagnóstico, serão elaboradas diretrizes para que os Tribunais de Contas fiscalizem, de forma cada vez mais efetiva, o cumprimento das metas do PNE, propondo, entre outras ações, o acompanhamento e a análise da qualidade dos gastos na área de educação.

 

Além de atender o acordo celebrado com o MEC e o FNDE, objetivando estabelecer formas de cooperação quanto à execução dos planos de educação, essas ações buscam também dar concretude à Resolução Atricon nº 03/2015, que estabelece diretrizes para o controle externo nas despesas com educação.

 

O Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO), como integrante do Sistema Nacional de Controle Externo, bem como da Atricon e do IRB, participa ativamente desse esforço empreendido em âmbito nacional, não só por meio de ações com foco no controle dos gastos com o ensino público, como também propondo, futuramente, medidas aos entes jurisdicionados, visando o cumprimento das referidas metas, o atendimento da legislação específica e, principalmente, o oferecimento de um ensino público de qualidade à sociedade rondoniense. (Fonte: Ascom TCE-RO)

Mais Sobre Educação

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) divulgou nesta quarta-feira, 24/11/2021, na Seção 3 do Diário Oficial da Un