Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Provas do Saero serão aplicadas a partir de 4ª em RO


 A Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) realiza a partir desta quarta-feira (6), o exame do Sistema de Avaliação Educacional de Rondônia (SAERO). Mais de 120 mil alunos do Ensino Fundamental e Médio vão fazer as provas nos turnos da manhã, tarde e noite, de acordo com o calendário da escola. Estão envolvidos no processo de aplicação 35 coordenadores regionais, 53 coordenadores municipais e 53 coordenadores de aplicação e 4.450 aplicadores. Todos são professores da rede de ensino estadual. As provas serão aplicadas até sexta-feira.

As provas aplicadas são de Língua Portuguesa e Matemática para alunos matriculados no 2º, 5º, 6º e 9º ano do Ensino Fundamental e no 1º, 2º e 3º ano do Ensino Médio de todas as escolas públicas estaduais. Os resultados obtidos pelos estudantes nas provas são agrupados em quatro Padrões de Desempenho: Abaixo do básico, Básico, Adequado e Avançado.

Os Padrões indicam os conhecimentos e as habilidades que os estudantes já desenvolveram e quais são os desafios que eles ainda enfrentam em sua busca para melhorar cada vez mais. Os resultados, após analisados pela equipe gestora e docentes, serão utilizados para orientar o processo de intervenção pedagógica em busca da melhoria da qualidade da educação.

Implantado em 2012 pelo governador Confúcio Moura, a avaliação é realizada uma vez por ano. A iniciativa visa fomentar mudanças em busca de uma educação de qualidade através de avaliação diagnóstica. A partir dos resultados obtidos, a meta da SEDUC é usar estes dados para implementar políticas que  venham  suprir as necessidades verificadas e melhore os índices da educação no Estado.
A avaliação estadual difere em dois pontos básicos das provas que são aplicadas nacionalmente para aferir desempenho das escolas: a quantidade de séries examinadas e a realização anual. O projeto prevê que os exames ocorram sempre no mês de novembro. 

A metodologia utilizada também é um diferencial, pois, ao diagnosticar as competências que não foram desenvolvidas pelos alunos, o SAERO vai permitir saber se é uma situação localizada – da criança, da sala, do município, do professor – ou geral. Para esse diagnóstico minucioso concorrem informações que são levantadas paralelamente à aplicação dos exames, como o diagnóstico socioeconômico e a aferição de assiduidade às aulas, dentre outros.

Fonte: Ascom/Seduc 

Mais Sobre Educação

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) divulgou nesta quarta-feira, 24/11/2021, na Seção 3 do Diário Oficial da Un