Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Programa Universidade Para Todos deve abrir novas vagas em 2012


A secretaria municipal de Educação (Semed) pretende abrir, em março de 2012, um novo processo seletivo para pessoas que queiram participar do Programa de Inclusão Social Universidade Para Todos (Faculdade da Prefeitura), através do qual estudantes podem ingressar num curso superior em faculdades privadas com bolsa integral ofertada pelo município. A secretária titular da Semed, Fátima Ferreira, salientou, Programa Universidade Para Todos deve abrir novas vagas em 2012 - Gente de Opiniãono entanto, que será necessário que ocorra um crescimento na arrecadação de impostos municipais sobre as três instituições de ensino conveniadas, já que o dinheiro investido para custear os cursos é deduzido do ISSQN (Imposto sobre serviços de qualquer natureza) dessas faculdades.

Implantado no segundo semestre de 2010 pelo prefeito Roberto Sobrinho, o programa busca dar oportunidade aos estudantes de baixa renda a terem acesso ao ensino superior. Para ser selecionado, o principal requisito é tirar a nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além disso, precisa ter renda familiar per capita máxima de dois salários mínimos, ser morador de Porto Velho pelo período mínimo de três anos, ter estudado em escola pública, não possuir vínculo com qualquer instituição de ensino superior e não ser beneficiário de algum outro programa de concessão de bolsas de estudos.

Enem

O ingresso dos estudantes contemplados pelo Faculdade Para Todos não se dá através de vestibular, mas o candidato terá que comprovar a pontuação mínima no Enem do ano anterior. O programa custeia hoje a faculdade para 103 estudantes em Porto Velho. Em 2010, foram 1.504 candidatos inscritos. Destes, 159 foram pré-selecionados, mas apenas 103 conseguiram comprovar os requisitos básicos e ingressaram nas faculdades conveniadas – São Lucas, Uniron e Faculdade de Porto Velho. “O sistema de escolha é impessoal, e a aferição sobre a veracidade das informações é feita na faculdade, durante a matrícula”, explicou a coordenadora de Educação da Semed, Ângela Aguiar.

A prefeitura custeia as mensalidades, mas o acadêmico se responsabiliza pelas despesas com materiais de estudos e transporte. A Faculdade São Lucas oferece cursos de administração, biomedicina, ciências biológicas, direito, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, odontologia e hotelaria. Na Uniron, o candidato selecionado para a Faculdade da Prefeitura poderá se matricular nos cursos de arquitetura e urbanismo, administração, ciências contábeis, publicidade e propaganda, sistema de informação, direito, enfermagem, fisioterapia e pedagogia. Já a Faculdade de Porto Velho disponibiliza vagas para administração, pedagogia e sistema de informação.


Fonte: Róbinson Gambôa

 

Mais Sobre Educação

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31