Porto Velho (RO) segunda-feira, 29 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Professores são capacitados sobre os perigos do trânsito


Gente de Opinião

O governo do estado por meio da parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito [Detran] e a Secretaria de Estado de Educação [Seduc], realizam durante dois dias em Ji-Paraná uma capacitação a professores da rede estadual com o objetivo de formar multiplicadores em educação do trânsito. O evento, que teve a abertura na manhã desta terça-feira, 13, no auditório da Coordenadoria Regional de Ensino [CRE], segue até amanhã com palestras no mesmo local.

Pela proposta o programa capacita, por meio de palestras e material didático, os professores da rede pública estadual no sentido de diversificar dentro da disciplina em que cada um atua a importância e os perigos que o trânsito apresenta. Na prática, esta capacitação apresenta ao professor os dados críticos sobre o trânsito e o orienta em como associar essa informação ao aluno no cotidiano da sala de aula.

Gente de Opinião

Gildete Alencar, do Detran

“O professor agrega mais conhecimento aos alunos”, resumiu Gildete Alencar, a representante do Detran no evento. Na opinião dela, “a educação se faz a médio e longo prazos”. O coordenador regional de educação, professor José Antônio Medeiros, deseja que o programa reflita positivamente nas escolas. “É mais informação ao professor que complementa o trabalho que eles já fazem sobre o trânsito nas escolas”, disse Medeiros.

Para o secretário regional de Governo em Ji-Paraná Romildo Pereira, a parceria entre os dois órgãos estaduais é importante porque somatiza ações em benefício do coletivo. “O professor de matemática, por exemplo, pode associar dados estatísticos do crescimento da frota com os cálculos comuns da disciplina”, entende Romildo Pereira. Este programa de capacitação do Detran junto com a Seduc já ocorreu em dez municípios e treinou 1200 professores, segundo informações no órgão de trânsito estadual.

Maio Amarelo

O Movimento “Maio Amarelo” nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, a exemplo dos bem-sucedidos movimentos “Outubro Rosa” e “Novembro Azul”, que mobilizam a sociedade, respectivamente, sobre os temas de câncer de mama e de próstata. O símbolo é um laço amarelo numa referência à cor no semáforo que significa atenção.

A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países.


Fonte
Texto: Paulo Sérgio - Assessoria Regional Ji-Paraná
Fotos: Paulo Sérgio
Decom - Governo de Rondônia

Mais Sobre Educação

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) divulgou nesta quarta-feira, 24/11/2021, na Seção 3 do Diário Oficial da Un

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

O V Congresso Municipal de Educação iniciou, nesta quarta-feira (24), em Porto Velho. O evento reúne mais de 5 mil professores e diretores escolares p

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet, ou com dificuldades de manuseio de aparelho eletrônico, podem buscar, até a próxima sexta-feira (26), um do