Porto Velho (RO) terça-feira, 25 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Professor dá dicas para melhor aproveitar o Sisu


Mariana Tokarnia
Agência Brasil

Brasília – Uma boa pesquisa e disponibilidade para sair da própria cidade são fatores que podem ajudar o candidato a aproveitar melhor as vantagens do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), diz Marcelo Freire, professor de língua portuguesa do curso pré-vestibular Alub, em Brasília. Segundo último balanço divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), havia 738.439 candidatos inscritos para 39.724 vagas em 54 instituições de ensino – média de quase 19 candidatos por vaga.

O prazo de inscrição termina às 23h59 de hoje (14) no site do Sisu.

Neste sistema, explica Freire, "aquele estudante com duas opções de curso e que pode ir para qualquer lugar, dificilmente fica sem vaga". E esses candidatos são poucos. Segundo os dados do MEC, no primeiro semestre deste ano, apenas 13% dos aprovados sairam de suas cidades para cursar o ensino superior pelo Sisu.

O Sisu, como um sistema nacional, pemite que o estudante seja selecionado, pela nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para instituições públicas de educação superior em todo o país. Permite também que o candidato escolha até duas opções de curso. Outra vantagem oferecida é que os candidatos podem, até o fim do prazo de inscrição, mudar as opções de curso. O site disponibiliza a nota de corte e a classificação parcial para que o candidato avalie as chances de passar.

O professor recomenda que os candidatos estejam atentos e mudem as opções de acordo com o interesse, mas que isso seja feito com cuidado e não sem uma pesquisa prévia. "Aquele que fez uma boa pesquisa tem uma listinha com dez ou 12 opções e pode mudar conforme a nota de corte e as chances".

De acordo com o professor, o Sisu pode ser uma armadilha para aqueles que querem apenas passar na universidade. Segundo ele, um dos grandes problemas é que esses alunos acabam abandonando o curso, e isso sai caro para a universidade, que não tem a vaga reposta para o semestre.

Para aqueles que sabem o que querem, no entanto, "vale a pena traçar uma estratégia de estudos para conseguir o que quer", garante Freire. Para os que ainda não se decidiram, uma boa pesquisa pode apontar "um curso sob medida, mesmo que esteja fora dos 20 ou 30 mais procurados. Existem muitas opções que os candidatos desconhecem e que atenderiam muito melhor ao que buscam."

Podem se inscrever nesta edição do Sisu os estudantes que participaram da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado que não tenham tirado zero na redação. Na página do sistema de seleção estão disponíveis as etapas da inscrição para orientar os candidatos. No próprio sistema, o estudante pode tirar dúvidas sobre notas de corte, datas das chamadas, período de matrículas nas instituições, resultados e lista de espera.

A primeira chamada está marcada para o dia 17 deste mês e a segunda, para 1° de julho. As matrículas da primeira chamada ocorrerão nos dias 21, 24 e 25 próximos e as da segunda chamada, em 5, 8 e 9 de julho.

Edição: Nádia Franco//Matéria atualizada às 19h26 com a inclusão do último balanço do MEC

Mais Sobre Educação

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31