Porto Velho (RO) domingo, 12 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Educação

Processo Seletivo 2020/1 do IFRO oferta mais de 2.900 vagas


Processo Seletivo 2020/1 do IFRO oferta mais de 2.900 vagas - Gente de Opinião

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo 2020/1. São ofertadas 2.996 vagas em cursos técnicos e de graduação para ingresso em 2020, nos municípios de Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Porto Velho, São Miguel do Guaporé e Vilhena. As inscrições podem ser realizadas até 23h59 do dia 17 de novembro de 2019.

Para participar da seleção, os candidatos deverão acessar o Portal Seleção do IFRO (http://bit.ly/IFRO-PS2020), utilizar os documentos pessoais (CPF, RG e comprovante de residência), e documento oficial com notas e preencher todos os dados solicitados no formulário de inscrição. Não há pagamento de taxa de inscrição e todos os cursos ofertados pelo IFRO são gratuitos. Para os candidatos que não possuem acesso à internet, os campi disponibilizarão computadores para a realização das inscrições.

 

Entenda o Processo Seletivo 2020/1

 

Cursos Técnicos Integrados: Destinados a candidatos que optarem por iniciar o ensino médio e ao mesmo tempo um curso técnico no IFRO. O processo de seleção será por meio da análise do currículo escolar das séries do Ensino Fundamental, que o candidato inserir no sistema de inscrição online. Serão avaliadas as notas ou conceitos das disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia e Ciências.

 

São ofertadas 1720 vagas em Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio nos seguintes CampiAriquemes (Técnico em Agropecuária/ Técnico em Alimentos/Técnico em Suporte e Manutenção em Informática); Cacoal (Técnico em Informática/Técnico em Agroecologia/Técnico em Agropecuária); Colorado do Oeste (Técnico em Agropecuária); Guajará-Mirim (Técnico em Informática/Técnico em Biotecnologia); Jaru (Técnico em Alimentos/Técnico em Segurança do Trabalho/Técnico em Comércio); Ji-Paraná (Técnico em Informática/ Técnico em Florestas/ Técnico em Química); Porto Velho Calama (Técnico em Edificações/ Técnico em Eletrotécnica/ Técnico em Informática/Técnico em Química); Vilhena (Técnico em Edificações/ Técnico em Eletromecânica/ Técnico em Informática). Saiba mais no link: http://bit.ly/IFRO-int-2020. 

 

 

Cursos Técnicos Subsequentes: Indicados para os candidatos que já concluíram o Ensino Médio e pretendem obter uma formação técnica, neste caso, a seleção se dará por meio da análise das notas do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Química, Física e Biologia. Os cursos Técnicos Subsequentes duram em média dois anos.

 

Para esses cursos são ofertadas 280 vagas nos CampiCacoal (Técnico em Agropecuária); Guajará-Mirim (Técnico em Enfermagem); Porto Velho Calama (Técnico em Edificações/Técnico em Eletrotécnica/ Técnico em Manutenção e Suporte em Informática); Porto Velho Zona Norte (Técnico em Administração); São Miguel do Guaporé (Técnico em Administração). Confira mais detalhes em: http://bit.ly/IFRO-sub-2020.

“Quem concluiu o ensino fundamental ou médio por meio de exames de certificação de competências ou de avaliação de jovens e adultos, como o Encceja, também deve inserir as notas obtidas nas disciplinas de Língua Portuguesa (Linguagens); Matemática; Química, Física e Biologia (Ciências da Natureza); História e Geografia (Ciências Humanas)”, destaca a Coordenadora da Comissão Permanente de Exames (COPEX/IFRO), Wilka Alexandra de Lima Campos.

 

Cursos de Graduação: São para aqueles que já concluíram o Ensino Médio e querem ingressar no Ensino SuperiorPara os cursos de graduação o diferencial do Processo Seletivo IFRO 2020/1 será a forma de ingresso, que se dará de duas formas:

1) Ingresso por meio da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), realizado em etapa única, para 70% das vagas; 

2) Ingresso por meio de Exame Próprio de Seleção, a ser realizado em duas etapas,  para 30% das vagas, assim organizado: a) A primeira etapa, classificatória, que consiste na classificação do candidato pelo seu desempenho (notas/conceitos) do 1º ao 3º ano do Ensino Médio constantes no Boletim Escolar Oficial, Histórico Escolar ou documento escolar oficial equivalente, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Química, Física, Biologia, História e Geografia da Base Nacional Comum Curricular (BNCC); b) A segunda etapa, classificatória e eliminatória, consiste na classificação do candidato pelo seu desempenho em uma prova de redação a ser aplicada pelo IFRO no dia 8 de dezembro de 2019.

“Ou seja, o candidato poderá optar, no momento da inscrição, pela forma de ingresso lhe será mais oportuna. Deste modo, o IFRO busca atender à diversidade de seu público. A classificação dos candidatos segue a distribuição das vagas a que estão concorrendo: há reserva de vagas para aqueles que estudaram integralmente em instituições públicas, baixa renda, pessoas com deficiência, autodeclarados pretos, pardos ou indígenas e há vagas para ampla concorrência”, reforça Wilka Alexandra.

Há 996 vagas nos seguintes CampiAriquemes (Agronomia - Bacharelado/Ciências Biológicas – Licenciatura/ Tecnologia em Análise e Desenvolvimento em Sistemas – Tecnólogo); Cacoal (Geografia – Licenciatura/ Zootecnia – Bacharelado/ Matemática – Licenciatura/ Tecnologia em Agronegócio – Tecnólogo); Colorado do Oeste (Engenharia Agronômica – Bacharelado/ Ciências Biológicas – Licenciatura/ Tecnologia em Gestão Ambiental – Tecnólogo/ Zootecnia – Bacharelado); Guajará-Mirim (Ciências Biológicas – Licenciatura); Jaru (Medicina Veterinária – Bacharelado); Ji-Paraná (Engenharia Florestal – Bacharelado/ Química – Licenciatura/ Tecnologia em Análise e Desenvolvimento em Sistemas – Tecnólogo), Porto Velho Calama (Física – Licenciatura/Engenharia Civil – Bacharelado/ Tecnologia em Análise e Desenvolvimento em Sistemas – Tecnólogo/ Engenharia de Controle e Automação – Bacharelado); Porto Velho Zona Norte (Tecnologia em Tecnólogo em Gestão Pública – Tecnólogo/ Tecnologia em Redes de Computadores – Tecnólogo); Vilhena (Arquitetura e Urbanismo – Bacharelado/Matemática – Licenciatura/  Tecnologia em Análise e Desenvolvimento em Sistemas – Tecnólogo). Veja mais informações no seguinte link: http://bit.ly/IFRO-grad-2020.  

 

Ações afirmativas

Segundo a Coordenadora da COPEX/IFRO, Wilka Alexandra, do total de vagas ofertadas, 65% serão reservadas à inclusão social pelas vagas de ações afirmativas destinadas a candidatos que tenham cursado, integralmente, Ensino Fundamental em escolas públicas, para os processos seletivos dos cursos técnicos integrados e concomitantes, e o Ensino Médio em escolas públicas, para os processos seletivos dos cursos de graduação, respeitando-se a proporção mínima de autodeclarados pretos, pardos, indígenas e pessoas com deficiência do último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o estado de Rondônia. Os outros 35% serão destinadas à ampla concorrência, sendo que, destes, 5% serão reservadas para candidatos com deficiências, comprovadas por laudo. Para ingresso por meio das ações afirmativas, o candidato deve ler atentamente o edital.

“Para a comprovação da escolaridade, renda e deficiência de que tratam as vagas de ação afirmativa é obrigatório ao candidato apresentar a documentação no campus escolhido para seu processo seletivo”, ressalta.

Mais Sobre Educação

Sargento Eyder Brasil busca auxílio internet aos professores do Estado

Sargento Eyder Brasil busca auxílio internet aos professores do Estado

O deputado Sargento Eyder Brasil (PSL), em reunião nesta quinta-feira (9) com o secretário de estado da Educação (Seduc), Suamy Vivecananda, buscou um

UNIR: estudantes indígenas denunciam política de exclusão com implantação de aulas remotas

UNIR: estudantes indígenas denunciam política de exclusão com implantação de aulas remotas

No último dia 03 de julho o Centro Acadêmico Indígena Intercultural – CAII/UNIR/Campus de Ji-Paraná e Estudantes indígenas e quilombolas dos campi da

Todos os 419 Professores de Ji-Paraná terão notebook para trabalhar em casa

Todos os 419 Professores de Ji-Paraná terão notebook para trabalhar em casa

Reunião realizada na manhã desta segunda-feira (06), no Gabinete da Prefeitura de Ji-Paraná para tratou sobre a aplicação de parte dos 25% do Orçament

FIMCA inova e realiza colação de grau de medicina de forma drive thru

FIMCA inova e realiza colação de grau de medicina de forma drive thru

Atendendo as convocações do Governo Federal e do Governo do Estado de Rondônia o Centro Universitário Aparício Carvalho – FIMCA, realizou na tarde d