Porto Velho (RO) terça-feira, 25 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Prefeitura inclui a soja no cardápio da merenda escolar


A partir deste ano os alunos da rede municipal de ensino terão um ingrediente a mais no cardápio da merenda escolar: a soja. Já visando essa implementação, no ano passado a Divisão de Alimentação Escolar, da Secretaria Municipal de Educação (Diale/Semed) capacitou as merendeiras que trabalham nas escolas do município para trabalharem com o produto.

“A soja é um alimento saudável que pode ser utilizada de várias formas, em saladas, molhos, em complementos e até substituindo as carnes. E traz grandes benefícios à saúde. É mais um passo no sentido de se garantir aos alunos das escolas do município uma alimentação saudável e de qualidade, proporcionando prazer e boa saúde durante as refeições nas escolas”, afirmou a nutricionista Auriane Saldanha, do Diale.

Da família das leguminosas, a soja é um grão assim como o feijão, a ervilha, a lentilha e o grão de bico. No que diz respeito ao aspecto nutricional, é rica em proteínas, em antioxidantes (que combatem o envelhecimento precoce das células), além de ser uma excelente fonte de minerais (cobre, ferro, fósforo,potássio, magnésio, manganês, enxofre e cloro) e também das vitaminas A, B, E, e também as do complexo B.

“Estes nutrientes possuem várias funções no organismo como proteger a visão, fortalecer os ossos, dentes, cabelos, e unhas. Garantem ainda o bom funcionamento cerebral, previnem anemias e muitas doenças. Outra vantagem, é que a soja também é rica em fibras, substância de extrema importância para o funcionamento adequado do intestino, além de ter a capacidade de combater o aumento do colesterol”, explicou a nutricionista.

Auriane Saldanha explicou ainda que o cardápio da alimentação escolar oferecido pela Prefeitura de Porto Velho segue as recomendações nutricionais previstas na Resolução nº 38, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que determina a inclusão de vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos e gorduras na merenda escolas, na quantidade exata para cada faixa etária, sendo todos importantíssimos para o desenvolvimento e crescimento dos alunos, e melhoram ainda o rendimento escolar. O cardápio contém frutas, verduras, legumes variados, cereais, feijões, soja, carnes, leite e iorgute.

“Os alunos do Ensino Infantil e das creches da prefeitura, do turno da manhã, têm duas refeições ao dia (café e almoço). Para os da tarde a refeição é lanche e jantar. Os que freqüentam o Programa Mais Educação têm setenta por cento das suas necessidades nutricionais atendidas, pois recebem três refeições ao dia com uma grande variedade de alimentos”, frisou.

 Fonte: Joel Elias
 

Mais Sobre Educação

IFRO organiza etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

IFRO organiza etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

Esta será a 6ª edição organizada pelo IFRO no estado de Rondônia

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense