Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Educação

Prefeitura de Porto Velho traça estratégias para manter acesso de alunos às aulas

Alunos que enfrentam algum tipo de dificuldade para acessar a plataforma virtual, recebem as atividades impressas


Prefeitura de Porto Velho traça estratégias para  manter acesso de alunos às aulas - Gente de Opinião

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) desencadeou ações prioritárias de acordo com mapa de risco pedagógico e financeiro e realizou orientações para que as escolas da Rede Municipal de Ensino de Porto Velho promovessem estratégias possibilitando aos estudantes que continuem tendo acesso à educação, mesmo que de forma não presencial, pois com base em estudos e na legislação vigente é de extrema relevância que o estudante tenha a continuidade pedagógica para o prosseguimento de sua vida escolar.

A Rede Municipal de Educação possui 141 escolas e 46 mil alunos. As escolas do ensino fundamental estão desenvolvendo atividades pedagógicas não presenciais, contabilizando aproximadamente 32 mil alunos, no qual cerca de 16.500 estudantes da rede têm utilizado a ferramenta AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem). Alunos que enfrentam algum tipo de dificuldade para acessar a plataforma, recebem as atividades de forma impressa.

Os professores têm auxiliado os pais ou responsáveis com o envio de orientações didáticas, áudios e vídeos explicativos, via grupo de whatsapp e outros, diariamente, conforme horário de aula do aluno. As escolas de educação infantil têm desenvolvido atividades educativas de caráter lúdico, recreativo, criativo e interativo, para realizarem com as crianças em casa, enquanto durar o período de emergência, garantindo, assim, o atendimento essencial às crianças, evitando retrocessos cognitivos, corporais e socioemocionais.

Diante do desafio apresentado decorrente da COVID-19, identificou-se a necessidade de repensar a aprendizagem na perspectiva do ensino remoto, tendo o professor como mediador nesse processo e priorizando a flexibilização da aprendizagem a partir do currículo.

A priorização curricular tem contribuído na redução da desigualdade, diante da diversidade educacional gerada no período de pandemia, No retorno das aulas presenciais será aplicada uma avaliação diagnóstica que terá como finalidade identificar as dificuldades de aprendizagem, para que se tenha um ponto de partida e aplique intervenções pedagógicas com objetivo de realizar recuperação de conhecimento para os estudantes da rede.

O calendário escolar tem sido cumprido, sendo contabilizados horas letivas, em regime especial durante o período de distanciamento social, por meio de atendimento não presencial, dando continuidade no retorno presencial até a conclusão dos dias letivos necessários a computação da carga horária mínima anual estabelecida de 800 horas/aulas, seguindo toda orientação do Ministério da Educação, e ainda as Resoluções do Conselho Municipal de Educação de Porto Velho.

A Semed está realizando formações e capacitações aos profissionais da rede por meio do AVA Porto Velho, e de encontros por videoconferência. Estão sendo disponibilizadas às escolas formações sobre o uso de ferramentas interativas, desde uso de planilhas a formulários virtuais, Jornada Pedagógica Virtual com temas direcionados ao contexto atual e formação continuada sobre o Referencial Curricular de Rondônia.

Mais Sobre Educação

Senac Recomenda, você aprende ainda mais

Senac Recomenda, você aprende ainda mais

Quer usar vídeos no YouTube para estudar, mas fica perdido no meio de tanto conteúdo e não sabe nem por onde começar? Siga o que o Senac recomenda p

Ancar: qualificação de colaboradores ganha força durante pandemia

Ancar: qualificação de colaboradores ganha força durante pandemia

A Ancar Ivanhoe, uma das maiores empresas de shopping center do Brasil, apostou na Universidade Ancar Ivanhoe neste momento de isolamento social e adi

Centro de Estudos Rioterra lança curso online e gratuito sobre Associativismo

Centro de Estudos Rioterra lança curso online e gratuito sobre Associativismo

Estão abertas as inscrições para o curso sobre Associativismo lançado pelo Centro de Estudos Rioterra e aberto a comunidade em geral. Cem por cento on

Inscrições para os cursos do Programa Novos Caminhos são prorrogadas até o dia 30 de junho

Inscrições para os cursos do Programa Novos Caminhos são prorrogadas até o dia 30 de junho

O prazo de inscrições para os cursos da modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC) do Programa Novos Caminhos foi prorrogado até o dia 30 de jun