Porto Velho (RO) segunda-feira, 29 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Prefeitura de Porto Velho comemora 1º aniversário da Escola Bilíngue


Prefeitura de Porto Velho comemora 1º aniversário da Escola Bilíngue - Gente de Opinião

A Prefeitura de Porto Velho comemorou nesta sexta-feira (25), o 1º aniversário da Escola Bilíngue para surdos, instalada na Avenida Carlos Gomes, entre Getúlio Vargas e Salgado Filho, centro da cidade. A solenidade que marcou a data aconteceu no auditório da Biblioteca Francisco Meireles, com a presença de estudantes, professores e representantes de entidades que lutam pelos direitos dos portadores de deficiência auditiva.

O diretor da escola, Carlos Alberto Ferreira, agradeceu ao prefeito Mauro Nazif, que sensível à luta do movimento surdo em Porto Velho, implantou e inaugurou a escola, a primeira da Região Norte do Brasil. “Ainda temos muitos desafios, mas este é um momento que nos enche de orgulho”, disse. Dentre os principais desafios, o diretor citou a necessidade de conseguir um microônibus para transportar os estudantes até o estabelecimento de ensino e depois levá-los de volta par casa.

Conceição Maria, da Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (Semed), declarou que a escola ainda está “engatinhando”, mas o objetivo da gestão municipal é que fique bem estruturada. Ela conclamou aos pais a incentivarem os filhos na busca do conhecimento, mesmo com suas limitações. “Estamos nos esforçando muito, pois queremos que tudo dê certo”, afirmou.

Para a representante da Associação de Professores, Pais e Intérpretes de Surdos (APPIS), Ariana Boa Ventura, a Escola Bilíngue “é um sonho que se tornou realidade”. “Acreditamos que podemos crescer muito mais, mas isso só acontece com a união de todos”, comentou. Ela também enalteceu a postura do prefeito Mauro Nazif por implantar a escola e a luta do movimento surdo, que não desistiu do seu objetivo.

Prefeitura de Porto Velho comemora 1º aniversário da Escola Bilíngue - Gente de Opinião

Utilizando a Língua Brasileira de Sinais (Libras), Indira Stidelli, presidente da Associação dos Surdos de Rondônia, teve como intérprete Ariana Boa Ventura. Ela declarou que seu sonho é ter profissionais surdos trabalhando na escola e interagindo com os estudantes. Desta forma, podem entender melhor a realidade e as dificuldades de cada um. Ela almeja que a partir da Escola Bilíngue a educação para surdos tenha uma atenção especial, com acesso aos cursos de graduação, mestrado e doutorado.

Indira agradeceu a força de vontade de Mauro Nazif, pediu para que as pessoas tenham mais consciência política e, segundo ela, com a união da sociedade, a escola só tem a crescer.

Ao final da programação, alunos do ensino fundamental fizeram uma apresentação sobre a páscoa e os estudantes do EJA (Educação de Jovens e Adultos), interpretaram uma música. A solenidade também foi alusiva aos 12º aniversário da Lei nº 10.436 de 24 de abril de 2002, que oficializou a Língua Brasileira de Sinais.

Fonte:  Augusto José

Mais Sobre Educação

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) divulgou nesta quarta-feira, 24/11/2021, na Seção 3 do Diário Oficial da Un

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

O V Congresso Municipal de Educação iniciou, nesta quarta-feira (24), em Porto Velho. O evento reúne mais de 5 mil professores e diretores escolares p

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet, ou com dificuldades de manuseio de aparelho eletrônico, podem buscar, até a próxima sexta-feira (26), um do