Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Prefeitura capacita educadores da EJA


A partir de 2012, os cerca de 4 mil estudantes matriculados no Programa de Educação para Jovens e Adultos (EJA) da prefeitura vão passar a receber também a chamada educação profissionalizante. Serão cursos oferecidos pela secretaria municipal de Educação (Semed), que buscam preparar os alunos para o mercado de trabalho, capacitando os estudantes para alguma profissão. Trata-se do projeto Reintegrar, que vem obtendo resultados considerados excelentes em Jacy Paraná, onde o sistema foi implantado em duas escolas em agosto. “A evasão escolar caiu em 40% com essa mudança, mostrando que os estudantes querem que a escola os prepare para o mercado de trabalho”, salientou a professora Adriana Oliveira, que coordena o Projeto Reintegrar na Semed.

Nos dias 28 e 29 de novembro, segunda e terça-feira, os cerca de 200 educadores que trabalham com turmas do EJA na área urbana da Capital vão participam de um seminário para debater o papel de cada docente nessa nova proposta pedagógica, e quais referências serão necessárias no cenário que envolve a formação escolar e profissional dos estudantes. Segundo Adriana, também vão estar sendo debatidos os conteúdos dos livros didáticos utilizados na EJA e métodos específicos de ensino para pessoas adultas.

Entre os palestrantes convidados, estão confirmadas as presenças da psicopedagoga Inácia Damasceno, mestre em Educação da Unir, e também da doutora em lingüística Maria do Socorro Loura.

Em Jacy Paraná, a educação profissionalizante passou a ser incluída no conteúdo da EJA a partir de agosto deste ano, nas escolas Cora Coralina e Joaquim Vicente Rondon. Na área urbana de Porto Velho, o programa vai iniciar com um projeto piloto em apenas três escolas: Olavo Pires, Antônio Augusto Rabelo e escola Padrão Francisco Erse. Num primeiro momento, estão confirmados os cursos de cabeleireiro, manicure, eletricista e montagem e manutenção de computadores. Os estudantes terão em aula o conteúdo da educação básica de segunda a quarta-feira. Na quinta e sexta-feira ocorrem as aulas do ensino profissional. Após o projeto piloto, a intenção é estender o projeto para todas as 39 escolas que trabalham com o EJA em Porto Velho.

Segundo Adriana, em Jacy, o programa foi implantado numa parceria da prefeitura com o Governo Federal e com a empresa Energia Sustentável. Na área urbana, o projeto será implantado com recursos próprios da Prefeitura. Para a secretária municipal de Educação, Fátima Ferreira, o projeto de aliar a educação básica à profissionalizante é um sonho antigo, uma estratégia para combater a evasão, que nas turmas do EJA na Capital já atinge cerca de 50%. “Queremos ajudar os jovens que, além de concluírem o ensino fundamental, também tenham acesso rápido e facilitado nesse tão competitivo mercado de trabalho”, disse.

Fonte: Róbinson Gambôa

Mais Sobre Educação

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31