Segunda-feira, 24 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Educação

Porto Velho está entre as cinco primeiras capitais em alfabetização na idade certa

Do Ensino Fundamental I, 65,6% das crianças aprenderam a ler, escrever e fazer contas matemáticas na idade certa em 2023


65% das crianças da rede pública municipal foram alfabetizadas na idade certa - Gente de Opinião
65% das crianças da rede pública municipal foram alfabetizadas na idade certa

Dados lançados no 1º Relatório de Resultados do Indicador Criança Alfabetizada, divulgado na última semana, pelo Ministério da Educação (MEC), apontam que 65,06% das crianças da rede pública municipal do Ensino Fundamental I foram alfabetizadas na idade certa, em Porto Velho, no ano de 2023.

A educação na capital de Rondônia ficou entre as cinco primeiras colocações das capitais brasileiras em alfabetização na idade certa. “Esse resultado é fruto de um trabalho planejado para esse momento pós-pandemia, onde foi preciso redobrar os esforços para a readaptação dos alunos e encaixe na recuperação da aprendizagem.

Foram necessários investimentos na ampliação de vagas em creches, com o programa Mais Educação, formação de diretores escolares, professores e equipe através do programa Alfabetiza Porto Velho, para que dentro desse processo acontecesse uma real recomposição da aprendizagem dos alunos entre os 1º e 3º anos. Enfim, a Prefeitura, em parceria com o Tribunal de Contas de Rondônia, proporcionou uma grande oferta estrutural e conseguiu equalizar e chegar a um posicionamento que engrandece o futuro das crianças quando se fala em educação”, disse o prefeito Hildon Chaves.

INEP

A participação foi de mais de 90% dos estudantes em Porto VelhoA participação foi de mais de 90% dos estudantes em Porto Velho

No Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o índice foi calculado a partir dos dados apurados por avaliações como a do Sistema de Avaliação da Educação de Rondônia (Saero), tendo contado com a participação massificada com índice de 85% dos alunos das rede pública brasileira. Só para se ter uma ideia, em Porto Velho, a participação foi de mais de 90% dos estudantes, que foi computada também como uma das maiores adesões do país.

O Inep divulgou ainda que a média nacional das escolas públicas é de 56% das crianças alfabetizadas na idade certa e, com o atual resultado nacional, o país recuperou o desempenho de alfabetização antes da pandemia de covid-19, pois o novo indicador é 20 pontos percentuais maior que o apresentado pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) em 2021.

QUINTO LUGAR

Alunos atendidos pelo programa possuem um aprendizado dentro da idade certa Alunos atendidos pelo programa possuem um aprendizado dentro da idade certa

“O trabalho conjunto nos trouxe esse resultado grandioso e nunca antes registrado aqui na região. São políticas públicas voltadas para a educação, investimentos em recursos humanos, programas pedagógicos que geram qualidade e equidade na educação, uma boa parceria com institutos experientes em projetos educacionais e com o próprio poder público, como foi realizado no programa Alfabetiza Porto Velho, de braços dados com o Tribunal de Contas (TCE-RO). É um esforço que muito nos orgulha e, ao mesmo tempo, nos faz olhar mais adiante para que o ritmo alcançado não pare de avançar. Hoje nós somos a quinta Capital do ranking da educação no Brasil e isso sim, nos leva a comemorar”, celebra a secretária de Educação, Gláucia Negreiros.

ALFABETIZA PORTO VELHO

“Nesse panorama, o destaque é todo do Programa de Alfabetiza Porto Velho, que vem alcançando um nível de implementação que demonstra desenvolvimento desde 2021. Com esse resultado, os alunos atendidos pelo programa possuem um aprendizado dentro da idade certa nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Mesmo com as dificuldades enfrentadas logo após a pandemia de covid-19, a Prefeitura de Porto Velho andou lado a lado com o Tribunal de Contas de Rondônia para equalizar a educação básica do 1º ao 3º ano, onde as crianças dão os primeiros passos na escrita e na leitura com compreensão, assim como nas primeiras continhas matemáticas. Uma verdadeira vitória do plano pedagógico estratégico trabalhado pela atual gestão”, enfatizou a titular da pasta de educação.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 24 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Governo de RO realiza aulão “Tô Ligado no Enem”, na terça-feira, 25, em Porto Velho

Governo de RO realiza aulão “Tô Ligado no Enem”, na terça-feira, 25, em Porto Velho

O Governo de Rondônia realiza o aulão “Tô Ligado no Enem”, preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024, na próxima terça-feira (2

Atuação do IEL em Rondônia abrange estágio e educação executiva

Atuação do IEL em Rondônia abrange estágio e educação executiva

O Instituto Euvaldo Lodi de Rondônia (IEL), entidade ligada à Federação das Indústrias do Estado (FIERO), tem como propósito não apenas despertar o

Mestrado acadêmico em Filosofia da UNIR abre inscrições

Mestrado acadêmico em Filosofia da UNIR abre inscrições

Estão abertas as inscrições para ingresso no Mestrado acadêmico em Filosofia (PPGFIL) da Universidade Federal de Rondônia (UNIR).  São ofertadas 20

Ainda dá Tempo: vestibular FIMCA e Metropolitana 2024.2

Ainda dá Tempo: vestibular FIMCA e Metropolitana 2024.2

O Centro Universitário Aparício Carvalho – FIMCA e Faculdade Metropolitana estão com inscrições abertas para o vestibular 2024.2, com uma ampla ofer

Gente de Opinião Segunda-feira, 24 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)