Porto Velho (RO) terça-feira, 18 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

MEC restitui vagas do curso de Medicina da Faculdade São Lucas


Publicado na edição de 22 deste mês do Diário Oficial da União (DOU) o Parecer 406/2011, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, homologado pelo Ministro da Educação, reformando, nos termos do artigo 6º, inciso VIII, do Decreto 5.773/2006, decisão da Secretaria de Educação Superior do MEC, expressa no Despacho nº 25/2010 - MEC/SESu/DESUP/CGSUP, publicado no DOU de 7/4/2010, para restituir o número de 100 vagas totais anuais do curso de Medicina, bacharelado, ministrado pela Faculdade São Lucas.

Na edição do dia 28 de novembro de 2011 do Diário Oficial da União já havia sido divulgada a medida do Conselho Nacional de Educação que, por unanimidade, acatou o recurso interposto pela Faculdade São Lucas contra decisão da Secretaria de Educação Superior do MEC (Ministério da Educação) que, em abril de 2010, havia reduzido para 40 vagas anuais o número de novos ingressos no curso de Medicina. A Diretora Geral da Faculdade São Lucas, Doutora Maria Eliza de Aguiar e Silva, disse que a decisão unânime do Conselho Nacional de Educação, restituindo as 100 vagas anuais do curso de Medicina, fez prevalecer a justiça, salientando que a redução da oferta de vagas pela Secretaria de Educação Superior do MEC foi baseada numa avaliação parcial. “A Faculdade São Lucas é uma das poucas em toda a Região Norte com IGC (Índice Geral de Cursos) com Conceito 3, o que, por si só, comprova o seu nível de qualidade”, destaca a Diretora Geral.

Além disso, o curso de Medicina da Faculdade São Lucas obteve Conceito 4 do MEC (numa escala que vai de 1 a 5), com base em avaliação feita por técnicos do ministério. Os técnicos do MEC estiveram em outubro passado no campus da São Lucas avaliando as dimensões Organização Didático-pedagógica, Corpo Docente e Instalações Físicas para o processo de reconhecimento do curso de Medicina. A avaliação compreendeu a análise de documentos, reuniões com os diversos segmentos que compõem o curso, visita às instalações físicas (salas de aula, laboratórios morfológicos e de ensino, bibliotecas, hospitais conveniados, unidades básicas de saúde e biotério).

Os avaliadores do MEC também estiveram reunidos com acadêmicos, diretoria acadêmica, docentes, coordenador do curso, dos estágios e com membros da CPA (Comissão Própria de Avaliação). Após analisar o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e do Projeto Pedagógico do Curso (PPC), os avaliadores destacaram as ações propostas para a continuidade do curso com qualidade. Os técnicos do MEC concluíram que o Curso de Medicina da Faculdade São Lucas apresenta um perfil bom de qualidade, atribuindo-lhe Conceito 4, numa escala que vai de 1 a 5. Diante disso, o Curso de Medicina da Faculdade São Lucas mantem o conceito positivo e o credenciamento para contratos com o FIES e PROUNI, com padrão de qualidade garantido pela Nota 3 do IGC (Índice Geral de Cursos), confirmando sua destacada atuação no âmbito de Rondônia.

Fonte: Chagas Pereira
 


 

Mais Sobre Educação

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31

Creche Padre Zenildo inicia atividades após moradores do Areia Branca esperarem 6 anos

Creche Padre Zenildo inicia atividades após moradores do Areia Branca esperarem 6 anos

Na ocasião também foram entregues uniformes novos às crianças