Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Lei Maria da Penha fará parte do conteúdo escolar


O secretário de Educação, Emerson Castro, participou da abertura do curso de capacitação para professores e gestores educacionais, realizado na Escola Major Guapindaia, nesta quarta-feira (23), em Porto Velho. O curso tem por objetivo formar multiplicadores para ensinar a Lei Maria da Penha aos alunos da rede pública de ensino a partir do próximo ano. Cerca de 200 profissionais participam do curso.

Para a orientadora educacional da escola Daniel Neri, Gilmara Aguiar, o tema é bem relevante. “É uma nova forma de levar o conhecimento sobre esse assunto aos nossos alunos. Afinal de contas, muitos podem viver essa realidade em suas casas, vizinhos e amigos. Acho que a partir de hoje temos uma grande responsabilidade em formar uma nova geração, de homens mais conscientes e, assim, diminuir o índice de violência contra a mulher”, avalia Gilmara.

Durante seu pronunciamento, o secretário de Educação, Emerson Castro, afirmou ser totalmente contra qualquer tipo de violência contra a mulher e a favor de meios que diminuam esse tipo de crime. “Achei muito importante essa iniciativa da deputada Epifânia e prontamente firmei parceria para que os alunos da rede pública de ensino do Estado possam ter um conhecimento maior sobre a Lei Maria da Penha e assim formar cidadãos mais conscientes. Esse é o nosso papel como gestor da Educação”, afirma Emerson.

A Lei Estadual 2.617, de 4 de Novembro de 2011,de autoria da deputada Epifânia Barbosa, dispõe sobre a campanha continuada de repúdio a crimes de violência praticados contra a mulher.

Com o apoio da Seduc, a lei passará a ser conteúdo curricular e será levado de forma didática o conhecimento jurídico aos alunos a partir do 6º ano do ensino fundamental. “É importante que esses jovens saibam de maneira mais aprofundada sobre essa lei; a penalização aos homens que cometem esse crime que a mulher saiba sobre seus direitos quando acometida dessa violência”, disse a deputada.

De acordo com dados do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea/2009/11), Rondônia está em 7º lugar no ranking nacional dos Estados com maior índice de violência contra a mulher e Porto Velho é a capital com maior numero de casos de homicídios, sendo 40% cometidos pelos próprios companheiros.

Fonte: Deane Araújo / Decom

 

Mais Sobre Educação

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

Uma cerimônia com homenagens e muita emoção marcou o lançamento na última quarta-feira (20) da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa, no Auditório Guajuvi

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Nesta quarta-feira (21), acadêmicos do curso de Biomedicina da FIMCA participaram do projeto "Posso escolher", realizado pela Prefeitura de Porto Velh

ONU declara, 2019 será  o Ano Internacional das Línguas Indígenas

ONU declara, 2019 será o Ano Internacional das Línguas Indígenas

Iniciativas apoiadas pela Fundação Banco do Brasil reforçam a relevância dos povos na história, cultura e preservação do meio ambienteA ONU (Organizaç

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi