Porto Velho (RO) domingo, 17 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Integrando Saberes reúne interessados em fortalecer a Rede Municipal de Ensino


O II encontro Municipal de Educação “Integral Integrando Saberes”, promovido pela secretaria municipal de Educação por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento de Ensino (Dade), reuniu gestores, coordenadores e orientadores escolares e monitores de programas Escola Aberta e Mais Educação, no teatro Banzeiros, na manhã desta terça feira, 29, para avaliar como está a educação no município e buscar o fortalecimento da rede municipal.

O evento vai até o dia 01 de dezembro. Participaram da abertura a secretária municipal de Educação, Fátima Ferreira; a diretora do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Gláucia Negreiros; a gerente de Educação Integral e Cidadania, Olga Benário Teixeira; a secretária adjunta de Esporte e Lazer, Cleidemara Alves e o palestrante de Belo Horizonte Ismair Sérgio Cláudio.

A secretária municipal de Educação disse durante a abertura do seminário que o município já teve muitas dificuldades, porém hoje vive um novo cenário. São 14 escolas na zona rural e 37 urbanas, participando do programa Integrando Saberes. “Quando soubemos do programa de educação integral não sabíamos como ficariam as crianças o dia inteiro nas escolas e listamos os principais problemas existentes, em especial a questão do espaço. Estudamos sobre isso e fomos atrás de parceiros. Vimos que é necessário abrir as portas das escolas, quebrar aquela mentalidade de que a escola fica de portas fechadas, e a partir daí os pais passaram a acompanhar mais os filhos. E com a parceria dos nossos diretores conseguimos realizar este programa. Agora temos espaço na comunidade, no campo de futebol, na igreja, em associações e conseguimos envolver a todos, principalmente a comunidade, na contribuição do cidadão que a gente quer para a nossa cidade, aquele que se preocupa com seus amigos e seu bairro”, explicou Fátima.

O encontro será uma grande reflexão sobre as ações práticas de atividade no contraturno de estudos. Também abordará os programas, e a busca de integrar escola e comunidade através dos vários cursos oferecidos à comunidade. De acordo com o Governo Federal estas ações aproximam as pessoas da escola e ainda gera renda através de cursos profissionalizantes. Segundo Glaucia Negreiros, diretora do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, a escola é um espaço de todos. “Considera-se fundamental o desenvolvimento integral das crianças através do desenvolvimento de atividades de cultura, esporte, acompanhamento pedagógico, alimentação que dará o suporte para que os alunos continuem na escola o dia todo”, disse a diretora.

Para Cleidemara Alves, secretária adjunta da secretaria de Esporte e Lazer, somente a educação poderá dar um futuro às novas gerações. “Muito nos orgulha quando podemos ver sementinhas que foram plantadas, ver muitos batalhando para regar e hoje termos frutos. A secretaria de Esporte e Lazer está sempre disposta a ser parceira da educação nos programas, que todos aqui possam ser multiplicadores”, afirma Cleidemara.

Rosanea Gomes Vieira foi uma das participantes do evento. Ela também é coordenadora dos voluntários em oficinas de corte, costura e pintura, do projeto ‘Escola Aberta’, na escola Alta de Souza, no bairro São Francisco. “Estou aqui para conhecer mais e ver o que realmente a educação do município tem a oferecer para eu levar para o programa desenvolvido na escola em que trabalho”, conta.

O palestrante Ismair Sérgio Cláudio, gerente de educação integral de Belo Horizonte, trouxe aos participantes, uma abordagem da percepção de educação integral e a concepção e legislação, as experiências permitiram a todos avaliarem como estão os programas desenvolvidos no município. “O Escola Integrada iniciou em 2007 um ano antes do programa Mais Educação, que buscou experiências inovadoras no país e no nosso caso, fomos um dos que o Ministério de Educação buscou para se obter um desenho mais coerente para o Mais Educação. Queremos também apresentar os nosso desafios e buscar o que é comum e o que podemos levar para Belo Horizonte”, explica.

Ele conta que outra ação que contribuiu foi uma pesquisa para mensurar em que de fato a educação integrada contribuía na melhoria dos estudantes. “O Mais Educação quer ser um programa indutor de políticas de educação integral nos municípios e estados brasileiros, o programa traz a extensão do tempo escolar que minimiza os desafios encontrados em todas as escolas como crianças com dificuldade de aprendizagem, filhos de mãe solteiras, e em outras situações de vulnerabilidade. Em países da Europa e educação já é de tempo integral, mais não é somente a ampliação do tempo e possibilitar aos estudantes. Um dos nossos resultados práticos é a melhoria de 15% no aproveitamento de nossos alunos na disciplina de matemática”, acrescenta Ismair .

Um ciclo de palestra que acontecerá no segundo e terceiro dia do evento com professores da Universidade Federal de Rondônia abordarão os temas relacionados a integração Escolar, comunidade e seus reflexos. No dia 30 de novembro o convidado Maurício André Nunes do Ministério da Educação (MEC) falará sobre as diretrizes práticas e avanços no programa Mais Educação.

Fonte: Rebeca Barca
 

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc