Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Incentivos de leitura para moradores de reassentamentos


Incentivos de leitura para moradores de reassentamentos   - Gente de Opinião

Os moradores dos reassentamentos São Domingos, Riacho Azul e Santa Rita estão conhecendo novas histórias, adquirindo novos conhecimentos e ampliando seus horizontes por meio da leitura. É o programa Arca das Letras que chegou esta semana aos reassentamentos como uma das ações parceiras da comunidade, Emater e Santo Antonio Energia.

O programa Arca das Letras, implantado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, amplia o acesso à leitura no meio rural através de bibliotecas comunitárias com acervos de cerca de 200 livros que incluem títulos da literatura brasileira e estrangeira, material didático, publicações técnicas e histórias em quadrinhos. Os livros são colocados em um móvel, chamado de arca, que é levado para a casa de um morador da comunidade que fica responsável pelo empréstimo e pela manutenção das obras. Este morador é o Agente de Leitura, escolhido pela comunidade e capacitado durante um treinamento de oito horas.

No reassentamento São Domingos, na margem esquerda do rio Madeira, onde vivem 22 famílias, o agente de leitura é o agricultor Cristiano Fernandes, de 33 anos. Casado e pai de 5 filhos, Cristiano cultiva macaxeira, maracujá e pimenta. Agora, será responsável também por cuidar do empréstimo dos livros para a comunidade. “O móvel com os livros vai ficar na sala da minha casa. Ler, nos permite viajar por outros mundos e nos dá novos conhecimentos. Aliás, o conhecimento é uma coisa que ninguém nos tira e que fica para sempre em nossas vidas”, declara.

A presidente da Associação dos Produtores Rurais do Riacho Azul, Neuraci Monteiro, de 54 anos, também estava radiante com a chegada do programa na comunidade. No Riacho Azul, também na margem esquerda, vivem 38 famílias. “Estou muito feliz. Estes livros ajudarão muito, principalmente as crianças que poderão desenvolver o hábito da leitura desde pequenininhas”, afirma a agricultora.

A analista Socioambiental da Santo Antônio Energia, Marta Silveira, explica que a concessionária, em parceria com a Emater, viabilizou a implantação do programa nos reassentamentos que demonstraram interesse em participar. “As pessoas têm direito às políticas públicas e temos boas políticas públicas no país, como é o caso do programa Arca das Letras. Com mais conhecimento, as pessoas ficam mais instruídas e críticas e seu universo fica bem mais amplo”, afirma.

O programa Arca das Letras já contempla 122 localidades de Rondônia. A meta do Ministério de Desenvolvimento Agrário é implantar 10 mil bibliotecas rurais em todo o Brasil até o ano de 2013.

Fonte: Carla Nascentes / Foto: Imagem News
 

Mais Sobre Educação

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

Uma cerimônia com homenagens e muita emoção marcou o lançamento na última quarta-feira (20) da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa, no Auditório Guajuvi

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Nesta quarta-feira (21), acadêmicos do curso de Biomedicina da FIMCA participaram do projeto "Posso escolher", realizado pela Prefeitura de Porto Velh

ONU declara, 2019 será  o Ano Internacional das Línguas Indígenas

ONU declara, 2019 será o Ano Internacional das Línguas Indígenas

Iniciativas apoiadas pela Fundação Banco do Brasil reforçam a relevância dos povos na história, cultura e preservação do meio ambienteA ONU (Organizaç

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi