Porto Velho (RO) domingo, 17 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

IFRO e SEDUC ministrarão cursos profissionalizantes para presos da Penitenciária Federal


A Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Porto velho será a primeira instituição, entre as quatro existentes no País, a oferecer cursos profissionalizantes a detentos na modalidade presencial. A iniciativa de oportunizar aos presos aumento de escolaridade aliado à qualificação profissional foi desenvolvida de forma conjunta entre o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça e Ministério da Educação através do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Secretaria de Educação do Estado e Departamento Penitenciário de Rondônia. IFRO e SEDUC ministrarão cursos profissionalizantes para presos da Penitenciária Federal  - Gente de Opinião

Nesta primeira etapa, 26 internos foram matriculados em Cursos de Formação Inicial e Continuada em Vendas e Auxiliar Administrativo, ambos integrados ao Ensino Fundamental na modalidade do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com Educação de Jovens e Adultos/Formação Inicial e Continuada (PROEJAFIC). O ensino profissionalizante vai ser ministrado pelos docentes do IFRO e o Ensino Fundamental pelos professores da Secretaria Estadual de Rondônia.

De acordo com a Coordenadora Geral de Tratamento Penitenciário, Rosângela Peixoto, apenas 8% dos 512 mil internos estão na oferta de Educação. “É uma ação de muito esforço para se concretizar este trabalho. Não tínhamos nada com relação a isto para as penitenciárias federais”, comenta a coordenadora através de uma videoconferência realizada durante a capacitação dos professores.

Para receber a equipe de 30 profissionais, entre professores do Instituto Federal de Rondônia, da Secretaria Estadual de Educação e de técnicos do Departamento Penitenciário de Rondônia, a direção da Penitenciaria Federal, promoveu um treinamento na última sexta-feira, 23 de setembro, sobre os procedimentos de segurança da instituição e relacionamento com os novos alunos. Na ocasião, a equipe conheceu as instalações da penitenciária e os espaços, que foram adaptados para as aulas.

O diretor da Penitenciária Federal de Rondônia, Jones Leite, ressaltou durante sua fala, a importância e o pioneirismo do programa. “ Estamos orgulhosos em dá o pontapé inicial. A tendência é se alastrar pelas penitenciárias de todo País e dá uma oportunidade de optar pela continuidade na vida do crime ou ter uma profissão”, destaca.

Com 30 anos de atuação em sala de aula, o professor de química, Everaldo Bernadino acredita que será um desafio e também uma satisfação saber que estará ajudando a levar cidadania. “Quero contribuir da melhor maneira possível na ressocialização dessas pessoas, que estão à margem da sociedade. Minha expectativa é que o projeto promova um futuro digno para eles”, afirma.

A construção do projeto pedagógico para a implantação dos cursos na Penitenciária Federal iniciou no ano passado com a composição das equipes e produção do material pedagógico. A escolha dos dois cursos foi resultado de uma pesquisa realizada entre os internos em que se constatou um interesse pelas áreas de Gestão e Negócios, pois grande parte já teve experiência no setor comercial. Outro fator preponderante é a facilidade de adequação a infraestrutura do presídio.

O início das aulas está previsto para o dia 17 de outubro e a duração do curso é de 15 meses. Os critérios para a seleção dos 26 detentos levou em consideração o tempo que ele ficará na unidade, interesse e nível de escolaridade. Dos 120 internos da Federal de Rondônia, 67% demonstraram interesse em retomar os estudos.

Fonte: Ernani Baracho / Rosália Silva
 

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc