Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

IFRO comemora 3 anos de criação e conquistas em RO


Neste 29 de dezembro, o IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia) completa três anos de criação. Fruto da Lei 11.892/2008, que reorganizou a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, atualmente o Instituto conta com oito campi em Rondônia (um em fase de implantação em Guajará-Mirim) dos 354 distribuídos pelo País. Ao todo, serão implantadas mais 120 unidades dos institutos federais até 2014. Outros 88 campi estão em fase de construção, totalizando 208 novas unidades nos próximos três anos.IFRO comemora 3 anos de criação e conquistas em RO - Gente de Opinião

Sua história começa com a integração da Escola Técnica Federal de Rondônia e da Escola Agrotécnica Federal de Colorado do Oeste, que está em funcionamento desde a década de 90. O IFRO hoje oferta cursos de educação superior, básica e profissional. Na avaliação do Reitor Raimundo Vicente Jimenez, a instituição “caminha a passos largos para a sua consolidação como referência na educação profissional no Estado, não só no que se refere aos cursos técnicos, mas também aos cursos superiores. Haja vista a sua expansão e a boa avaliação feita pelo INEP quando realizou o reconhecimento dos cursos em Colorado do Oeste”.

No desenvolvimento local, foram realizadas parcerias com setor produtivo e com o governo estadual, especialmente na implementação do PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), já nestes últimos meses de 2011. E para o próximo ano o PRONATEC apoiará a realização de diversos cursos de curta duração, chamados FIC (Formação Inicial e Continuada). O Reitor ainda destaca a nova unidade dentro da expansão institucional, “o Campus Guajará-Mirim tem como particularidade ser uma escola na fronteira, que atenderá a estudantes brasileiros e bolivianos”.

Mesmo com o cronograma para implantação de uma escola ser calculado em cerca de 10 anos, há conquistas a serem comemoradas. Até 2014, a projeção é que o IFRO tenha 13 mil estudantes, mais do que o dobro dos atuais 5,4 mil matriculados. Para atender esse público, foram convocados servidores, além de se preparar um novo concurso e realizar a capacitação de professores e técnicos já pertencentes ao quadro de pessoal.

Com uma estrutura que pode ofertar dos cursos básicos aos de pós-graduação, o IFRO passou a atuar também na Educação a Distância em 2011, ofertando cinco cursos para mais de dois mil estudantes, em sete diferentes municípios. Além do início das primeiras turmas de engenharia, na área de agronomia no Campus Colorado do Oeste, motivando os professores a planejarem um mestrado próprio do IFRO nos próximos anos. Neste ano se ampliaram ainda as parcerias internacionais, visando à mobilidade estudantil a partir de 2012, por meio de ações conjuntas com os governos do Canadá, França e Estados Unidos.

Fonte: Rosália Silva

Mais Sobre Educação

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Foi prorrogada até o dia 20/12/2021 a seleção de alunos que ingressarão no primeiro semestre de 2022 no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tec

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a