Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

IEL e Senai apresentam cursos e instalações



Porto Velho – Com o objetivo de apresentar os laboratórios e as reais condições de aprendizagem ofertadas para os 20 alunos participantes do projeto piloto de Reconversão Profissional, idealizado pelo Instituto Euvaldo Lodi Rondônia (IEL-RO) em parceria com o Senai-RO, foi realizada uma reunião com profissionais da Odebrecht, INSS e Consórcio Santo Antonio Civil (CSAC), na manhã de sexta-feira, 15 de julho, na unidade Senai Marechal Rondon. Este encontro integra a terceira etapa do projeto e depois de uma conversa preliminar, foi realizada uma visita às dependências da unidade Senai.

De acordo com o superintendente do IEL-RO, Edgar Teixeira, trata-se de um projeto pioneiro no Brasil, por envolver o setor privado, o setor público e as entidades IEL, e Senai para a conversão profissional de trabalhadores afastados pelo INSS. “Todos os atores envolvidos afirmam não conhecer algo similar no país” afirma Teixeira. “Esse é um projeto-piloto e após a sua conclusão e avaliação dos resultados, as ações serão estendidas a outras empresas e organizações e, também, aos trabalhadores que hoje estão afastados pelo INSS, mas sem vínculo empregatício” disse.

O diretor da unidade, Hélder Cavalcante falou sobre os cursos ofertados pelo Senai em especial os da unidade Marechal Rondon para o publico inserido no projeto de reconversão profissional, que tem como objetivo fornecer uma nova qualificação profissional diferente da que o assegurado exercia antes de seu afastamento, visando aproveitar as potencialidades em um novo trabalho. “Uma vez que essa pessoa tenha passado pelo IEL que identifica suas vocações e habilidades, analisando a deficiência e/ou limitação física e/ou cognitiva, a escola realiza a educação inclusiva, fornecendo conhecimentos para que ele tenha outras competências profissionais, visando reduzir desemprego, reposicionar o segurado no mercado de trabalho e a elevar a autoestima com a nova profissão”, comentou.

Cavalcante acrescenta que o certificado fornecido, bem como o curso ofertado não difere em nada do que é ofertado à comunidade quanto a qualidade, carga horária, por exemplo. Apenas são verificados os fatores limitadores do aluno (assegurado do INSS) e realizado adaptações nos ambientes de estudos (laboratórios) para atender os alunos dentro de suas capacidades. Além disso, os cursos apresentados no encontro são cursos de alta empregabilidade nas indústrias e empresas, além de proporcionar o empreendedorismo naqueles que porventura queiram ter o seu próprio negócio. Os cursos propostos são: Montagem e Manutenção de Computadores (IT Essentials), Mecânico de Veículos Leves e Eletricidade Automotiva.

No ponto de vista da gerente administrativo-financeiro do Consórcio Santo Antonio Civil (CSAC), Lilian Aparecida Pedroso, este projeto é importante por abrir oportunidades para os funcionários que estão em busca de uma reabilitação mediante uma reconversão profissional para o mercado. “A expectativa é a de que este colaborador tenha condições de permanecer no mercado de trabalho, mesmo atuando em outra profissão, que lhe dê condições de exercer e de prover sua família”, afirmou.

Sobre a iniciativa do IEL, Lilian parabenizou a equipe e disse que a instituição realiza trabalho efetivo de intermediário, visando identificar o perfil e a competência de cada um dos integrantes. “Juntamente com o IEL, estas pessoas vão se reencontrar de forma que se sintam úteis novamente, recuperando a autoestima. O trabalho do Instituto é fundamental, pois vai resgatar as potencialidades de cada um, abrindo portas para atuação em outras áreas”, esclareceu.

Reconversão Profissional

O projeto vai ao encontro das necessidades dos trabalhadores que buscam uma nova profissão e, uma nova perspectiva de colocação no mercado de trabalho ou de empreendedorismo, com resgate da autoestima e cidadania. As empresas têm a oportunidade de reintegrar ao trabalho àqueles colaboradores que conhecem a cultura organizacional, reduzir custos com afastamentos improdutivos ou absorver mão de obra para cumprimento de quotas de contratação de pessoas com deficiência. O governo, por sua vez, tem a possibilidade de reduzir seus gastos com os afastamentos custeados pelo INSS, principalmente, em se tratando de um momento em que o equilíbrio fiscal é a palavra de ordem.

O IEL vai realizar a análise profissiográfica dos trabalhadores, que tem como objetivos medir desempenho e identificar talentos; analisar perfil, vinculando o campo de interesse pessoal; analisar perfil, de acordo com suas limitações psicológicas e orientação profissional. O Senai realizará a capacitação dos trabalhadores, que tem como objetivo a formação de um novo profissional, com o desenvolvimento de habilidades e competências adequadas às novas exigências da ocupação.

Após essas etapas, o IEL vai disponibilizar para as empresas e organizações, o cadastro dos trabalhadores devidamente capacitados em uma nova ocupação. Todo esse processo será acompanhado pelo INSS, Ministério do Trabalho e Emprego e pelo Ministério Público do Trabalho.

Fonte: Carlos Araújo

Mais Sobre Educação

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Foi prorrogada até o dia 20/12/2021 a seleção de alunos que ingressarão no primeiro semestre de 2022 no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tec

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a