Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Garantida a permanência da residência médica em RO


Garantida a permanência da residência médica em RO - Gente de Opinião

Alívio para os 47 médicos que fazem a residência médica em Rondônia, a notícia da permanência do programa tem significado ainda mais amplo quando se leva em conta o benefício que ele levará a população em termos de melhoria do atendimento nas unidades públicas de saúde. Essa é a consideração da presidente do Conselho Regional de Medicina de Rondônia, médica Maria do Carmo Wanssa, sobre a decisão da Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação, que em sua reunião desta quinta-feira acatou os argumentos do Governo do Estado e referendou o projeto de recuperação do programa em Rondônia.

Com o voto de reconsideração do fim da residência médica em Rondônia, está garantida a continuidade do programa, mas com vários compromissos dos gestores da saúde pública estadual para mantê-lo dentro das normas que o estabelece. Como parte do programa de recuperação da residência médica em Rondônia, o Governo do Estado se comprometeu a deixar de descontar o Imposto de Renda dos valores correspondente à bolsa dos residentes, aumentar o número de médicos professores que acompanham os alunos e providenciar a justa remuneração destes e, ainda, construir novos laboratórios e uma biblioteca para o programa.

Para evitar o descontrole do programa, a Comissão Nacional de Residência Médica deixou claro que haverá acompanhamento mensal do cumprimento das metas. E a cada 90 dias, uma comissão virá de Brasília para fazer uma avaliação do programa e checar se as propostas apresentadas à Comissão Nacional estão sendo implementadas. Caso não cumpra com as próprias promessas, o Governo do Estado colocará o programa em risco novamente.

Por isso, o Conselho Regional de Medicina também vai fazer o acompanhamento do programa, por considerá-lo da maior importância para a formação de médicos especialistas e a fixação desses profissionais no Estado.

Enquanto os técnicos e gestores da Saúde pública trabalharam no Estado para preparar o plano de recuperação da residência médica a ser levado à Comissão Nacional, o médico rondoniense Hiran Gallo, diretor do Conselho Federal de Medicina, trabalhou em Brasília, mostrando aos membros da comissão a importância do programa para a saúde pública do Estado. “Foi um esforço enorme que, caso o Governo tratasse a residência médica com seriedade, não precisaria ser feito. Mas, enfim, conseguimos reverter o enceramento do programa, o que significa uma vitória para o povo do meu Estado, sobretudo para aquelas pessoas menos favorecida que só podem recorrer ao serviço público de saúde”, disse Hiran Gallo.

Fonte: Cremero

Mais Sobre Educação

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Foi prorrogada até o dia 20/12/2021 a seleção de alunos que ingressarão no primeiro semestre de 2022 no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tec

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a