Porto Velho (RO) sábado, 16 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Garantida a permanência da residência médica em RO


Garantida a permanência da residência médica em RO - Gente de Opinião

Alívio para os 47 médicos que fazem a residência médica em Rondônia, a notícia da permanência do programa tem significado ainda mais amplo quando se leva em conta o benefício que ele levará a população em termos de melhoria do atendimento nas unidades públicas de saúde. Essa é a consideração da presidente do Conselho Regional de Medicina de Rondônia, médica Maria do Carmo Wanssa, sobre a decisão da Comissão Nacional de Residência Médica do Ministério da Educação, que em sua reunião desta quinta-feira acatou os argumentos do Governo do Estado e referendou o projeto de recuperação do programa em Rondônia.

Com o voto de reconsideração do fim da residência médica em Rondônia, está garantida a continuidade do programa, mas com vários compromissos dos gestores da saúde pública estadual para mantê-lo dentro das normas que o estabelece. Como parte do programa de recuperação da residência médica em Rondônia, o Governo do Estado se comprometeu a deixar de descontar o Imposto de Renda dos valores correspondente à bolsa dos residentes, aumentar o número de médicos professores que acompanham os alunos e providenciar a justa remuneração destes e, ainda, construir novos laboratórios e uma biblioteca para o programa.

Para evitar o descontrole do programa, a Comissão Nacional de Residência Médica deixou claro que haverá acompanhamento mensal do cumprimento das metas. E a cada 90 dias, uma comissão virá de Brasília para fazer uma avaliação do programa e checar se as propostas apresentadas à Comissão Nacional estão sendo implementadas. Caso não cumpra com as próprias promessas, o Governo do Estado colocará o programa em risco novamente.

Por isso, o Conselho Regional de Medicina também vai fazer o acompanhamento do programa, por considerá-lo da maior importância para a formação de médicos especialistas e a fixação desses profissionais no Estado.

Enquanto os técnicos e gestores da Saúde pública trabalharam no Estado para preparar o plano de recuperação da residência médica a ser levado à Comissão Nacional, o médico rondoniense Hiran Gallo, diretor do Conselho Federal de Medicina, trabalhou em Brasília, mostrando aos membros da comissão a importância do programa para a saúde pública do Estado. “Foi um esforço enorme que, caso o Governo tratasse a residência médica com seriedade, não precisaria ser feito. Mas, enfim, conseguimos reverter o enceramento do programa, o que significa uma vitória para o povo do meu Estado, sobretudo para aquelas pessoas menos favorecida que só podem recorrer ao serviço público de saúde”, disse Hiran Gallo.

Fonte: Cremero

Mais Sobre Educação

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc

IFRO: Campus Cacoal oferta 25 vagas em Curso de Pós-Graduação Lato Sensu

IFRO: Campus Cacoal oferta 25 vagas em Curso de Pós-Graduação Lato Sensu

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Cacoal, abriu Processo Seletivo para o preenchimento de vagas remanes

Faculdade Metropolitana realiza colação de grau dos cursos de Educação Física, Gestão em Segurança Privada, Letras, Música, Pedagogia e Radiologia

Faculdade Metropolitana realiza colação de grau dos cursos de Educação Física, Gestão em Segurança Privada, Letras, Música, Pedagogia e Radiologia

A quarta-feira (13) foi de comemoração para os acadêmicos, agora graduados, da Faculdade Metropolitana. Foi nesta data que acadêmicos dos cursos de Ed