Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

FIMCA: Palestra 'ética na educação' encerra Semana Acadêmica


Uma palestra a ser proferida pelo consagrado professor e jornalista Ironi Andrade, sobre o tema “Ética na Educação”, encerra na noite desta sexta-feira (03/02), a Semana Acadêmica e Pedagógica da FIMCA / Metropolitana 2012-1, que desde o dia 30 de janeiro mobiliza diretores, coordenadores, professores e a equipe técnica das duas instituições.FIMCA: Palestra 'ética na educação' encerra Semana Acadêmica - Gente de Opinião

Com o lema “Competências, Habilidades e Capacidade em Educação”, o evento tem como objetivos gerais oportunizar a qualidade da aprendizagem e o relacionamento ético e motivador e promover a integração entre gestores, docentes, coordenadores e a equipe pedagógica das faculdades motivada pelo bom andamento dos trabalhos no semestre que se inicia. E como objetivos específicos, motivar todos para o trabalho e as relações interpessoais; incentivar a formação continuada aos docentes e coordenadores para o crescimento profissional e desenvolvimento da aprendizagem; e zelar pelo nome das duas instituições, colaborando para o seu êxito.

Segundo a diretora acadêmica da FIMCA/Metropolitana, professora Nina Lee, o conteúdo dos temas abordados, o preparo dos expositores e a expressiva participação do público alvo garantem uma avaliação positiva do resultado do evento. “Agora, o fechamento do encontro, com a palestra do professor e jornalista Ironi Andrade será o momento mais importante, para o qual esperamos a participação de todos”, ressaltou a diretora acadêmica.

Quem é o palestrante?

O professor Ironi Andrade é natural de Arvorezinha, estado do Rio Grande do Sul. Concluiu o ensino primário aos 12 anos. Depois disso, diante do baixo poder aquisitivo dos seus pais que não podiam custear seus estudos, mantendo-o na cidade, dedicou-se à agricultura até os 17 anos.

Com essa idade, prestou exame de admissão ao ginásio e foi estudar em Estrela, também no Rio Grande do Sul. Lá, cursou a escola normal e o técnico agrícola. Ao final desses estudos, e como a reforma do ensino fez com que desaparecessem os professores com aquele tipo de formação, ele prestou exames ao ensino supletivo, na época Madureza Ginasial. Eliminou todas as matérias numa vez só. Em exatamente 30 dias, concluiu o segundo grau, hoje ensino médio.

Com o diploma do segundo grau em mãos prestou vestibular para Agronomia. Aprovado, não pôde cursar, porque seus pais não podiam pagar uma faculdade. Fez vestibular para Letras e, com o próprio trabalho, pagou seus próprios estudos.

Especializou-se, depois, em Língua Portuguesa, em Redação, em Literatura Brasileira e em Oratória. Formou-se, bem mais tarde, em Direito e, hoje, atua em ambos os campos com a mesma desenvoltura e competência. Já ministrou 120 cursos de Oratória, disciplina que implantou na Universidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, em nível de extensão universitária.

Sempre na ânsia de divulgar o idioma, escreve para vários jornais e várias revistas e mantém, diariamente, Dicas de Português na RBS TV, emissora de televisão do conglomerado Rede Brasil Sul de Comunicações.

Tem ministrado treinamentos em tribunais de todo o Brasil, ora a serventuários da justiça, ora a juízes. Especializou-se, especialmente, em redação de sentenças. Palestrante admirável, é disputadíssimo em praticamente todos os estados brasileiros e em vários países estrangeiros.
É comendador pela Associação dos Jornalistas do Brasil, grau Comunicação Social, e recebeu o Prêmio Competência três vezes consecutivas por ser considerado o melhor professor do Rio Grande do Sul.

Professor da Escola Superior da Magistratura, é ex-presidente do Comitê Pró-Implantação do Idioma Oficial do Mercosul, no qual coordenou uma equipe de estudiosos do Brasil, da Argentina, do Uruguai, do Paraguai e do Chile. Ex-presidente da Academia Passo-Fundense de Letras, foi apresentador, por um ano e meio, de programa diário sobre o Idioma Pátrio na televisão por cabo.

Orgulha-se muito e, também, se emociona ao lembrar que existe, na cidade de Campo Grande, Estado do Mato Grosso do Sul, um Clube de Oratória denominado “Clube de Oratória Prof. Ironi Andrade”.

É este, um brevíssimo resumo da biografia do palestrante desta sexta-feira (03/02) no encerramento da Semana Acadêmica e Pedagógica da FIMCA / Metropolitana, das 19 às 22 horas, no auditório das instituições.


Fonte: Sergio Mello
 

Mais Sobre Educação

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

Uma cerimônia com homenagens e muita emoção marcou o lançamento na última quarta-feira (20) da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa, no Auditório Guajuvi

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Nesta quarta-feira (21), acadêmicos do curso de Biomedicina da FIMCA participaram do projeto "Posso escolher", realizado pela Prefeitura de Porto Velh

ONU declara, 2019 será  o Ano Internacional das Línguas Indígenas

ONU declara, 2019 será o Ano Internacional das Línguas Indígenas

Iniciativas apoiadas pela Fundação Banco do Brasil reforçam a relevância dos povos na história, cultura e preservação do meio ambienteA ONU (Organizaç

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi