Porto Velho (RO) domingo, 5 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

FIMCA: matrículas para especialização em doenças tropicais


A FIMCA (Faculdades Integradas Aparício Carvalho) está com matrículas abertas para o curso de Especialização Lato Sensu em Doenças Tropicais, direcionado aos profissionais de Nível Superior de Saúde e de áreas afins. Segundo a coordenadora Solange Alves da Silva Costa, o curso tem como objetivo capacitar os profissionais da área de saúde de toda a base de conhecimentos técnico-científicos, referentes às doenças tropicais nas suas várias vertentes, visando habilitá-los para os aspectos epidemiológicos, etiológicos, fisiopatológicos, clínicos, terapêuticos e de profilaxia e controle que caracterizam as patologias tropicais. “O conjunto de conhecimentos obtidos fornecerá subsídios para o desenvolvimento de atividades de investigação e ensino na área das doenças tropicais”, mencionou a coordenadora.

O curso oferecido pela FIMCA leva em conta que as doenças tropicais constituem, na atualidade, um grande problema de saúde em nível mundial. De acordo com a coordenadora Solange Alves Costa, são patologias com graves repercussões em termos de morbidade e mortalidade. O curso visa estabelecer as bases teóricas para a compreensão dos diversos aspectos ligados à epidemiologia, à biologia dos agentes e dos vetores, bem como à patogenia e imunologia das patologias tropicais endêmicas e epidêmicas. “A proposta é desenvolver e proporcionar conhecimento técnico-científico aos profissionais de Saúde para que possam compreender a epidemiologia das doenças transmissíveis e utilizar esse diagnóstico para propor intervenções e gerenciar ações de prevenção e promoção da aúde”, informou a docente.

O curso de Especialização em Doenças Tropicais habilitará os profissionais da Saúde e de áreas afins a identificarem os princípios básicos sobre a tecnologia, conceitos, princípios, métodos e procedimentos utilizados na clínica das doenças tropicais; a reconhecerem os quadros clínicos e epidemiológicos prevalentes das doenças no país; a identificarem os métodos diagnósticos adequados, o modo de usá-las e como interpretá-los para cada situação específica; a conhecerem as consequências imediatas e tardias dos processos infecciosos e parasitários, com orientação adequada e para o controle e profilaxia das doenças transmissíveis. Outro diferencial do curso é o estímulo à pesquisa e à busca de conhecimento dos avanços tecnológicos e no conhecimento científico baseado em evidências, principalmente os relacionados com a área das doenças tropicais.

Outras informações: 3217-8933/3217-8987/3217-8914
 

Fonte: Chagas Pereira

Mais Sobre Educação

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam