Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Faculdade São Lucas implanta nova metodologia avaliação


Com o objetivo de oferecer aos seus alunos metodologias de avaliação avançadas, a Faculdade São Lucas está investindo no sentido de viabilizar a implantação do sistema OSCE (Exame Clínico Observacional Estruturado), que visa avaliar competências e habilidades dos acadêmicos do curso de medicina. O exame já é aplicado em vários países e outras regiões do país e submete os candidatos a provas práticas em diferentes situações, funcionando em dez estações, cada uma com algum tipo de problema a ser resolvido, seja respondendo questões, manipulando manequins ou pacientes fictícios durante uma simulação. Toda prova será observada por professores, que darão notas ao desempenho dos alunos, respeitando critérios como compreensão, ética, agilidade, autocontrole e capacidade de resolver o problema.

De acordo com o coordenador do curso de Medicina, Prof. Dr. Luís Marcelo Aranha Camargo, o OSCE servirá para que o estudante tenha contato com a prática médica mediante avaliação em prazos mais curtos. “É uma posição inovadora e arrojada da diretoria da instituição, visando aprimorar o processo de avaliação dos nossos alunos, preparando-os para a Residência Médica, considerando que o OSCE é o sistema de avaliação mais moderno que existe. No entanto, ele é um instrumento de avaliação complementar, somando-se aos demais instrumentos como a avaliação prática diária e provas teóricas”, diz. Segundo Aranha Camargo, o OSCE será testado agora, mas sua implantação definitiva acontece em 2012.2 de forma gradativa, com a avaliação da competência em habilidades dos alunos de medicina a partir do 9º período.

Para capacitar os docentes responsáveis pela avaliação dos acadêmicos do curso de Medicina, a Faculdade São Lucas trouxe as Professoras Iolanda Calvo Tibério, Doutora em Medicina Patologia pela USP, e Renata Daud Gallotti, Doutora em Medicina (Ciências Médicas) pela USP, ambas Médicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, para ministrar treinamento de avaliação estruturada de habilidades e promover uma vivência prática na organização e elaboração de uma avaliação do tipo OSCE.

A iniciativa leva em conta a necessidade da implantação de métodos que contemplem as habilidades clínicas, promovendo uma avaliação estrutura e objetiva, fornecendo aos alunos informações objetivas do seu desempenho nestes processos, conforme salientou a professora Rita de Cássia Alves Ferreira da Silva, coordenadora da área de Ginecologia e Obstetrícia do curso de medicina da FSL. “A nova metodologia representa um grande avanço para a instituição e beneficia os alunos”, acrescentou. A coordenadora pedagógica geral da Faculdade São Lucas, professora Hélia Rocha, destacou a importância do investimento. “É um momento importante para a instituição, além de muito esperado. Importante para a formação profissional do aluno, mas fundamentalmente para a avaliação e reflexão sobre o processo avaliativo da faculdade”, assinalou.

Segundo a Doutora Iolanda Tibério, o OSCE é um processo inovador, que possibilita uma avaliação prática em todos os momentos de atividade acadêmica. “É uma oportunidade de compartilhar experiência sobre essa nova metodologia de avaliação com uma faculdade privada, cuja estrutura difere um pouco da instituição pública”, observa. Já a Doutora Renata Gallotti destacou que o método OSCE é um processo complementar que permite ao aluno mostrar-se aos seus avaliadores, sob diferentes olhares. “Certamente que o aluno será mais cobrado quanto aos procedimentos práticos, levando em consideração que é na faculdade onde consegue maior aprendizado, além do que o OSCE proporciona uma avaliação mais efetiva e constante”, acentuou.

Fonte:  Chagas Pereira
 

Mais Sobre Educação

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

Uma cerimônia com homenagens e muita emoção marcou o lançamento na última quarta-feira (20) da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa, no Auditório Guajuvi

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Nesta quarta-feira (21), acadêmicos do curso de Biomedicina da FIMCA participaram do projeto "Posso escolher", realizado pela Prefeitura de Porto Velh

ONU declara, 2019 será  o Ano Internacional das Línguas Indígenas

ONU declara, 2019 será o Ano Internacional das Línguas Indígenas

Iniciativas apoiadas pela Fundação Banco do Brasil reforçam a relevância dos povos na história, cultura e preservação do meio ambienteA ONU (Organizaç

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi