Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Ex-alunos retornam à Escola Jorge Teixeira com proposta de ajudar no aprendizado de estudantes do ensino médio


Gente de Opinião

Aulas são ministradas aos sábados por professores voluntários e universitários ex-alunos da escola

Um grupo de jovem universitários formado por ex-alunos da Escola Estadual Jorge Teixeira, localizada no bairro Ulisses Guimarães em Porto Velho, resolveu incentivar, estimular e ajudar alunos da escola a melhorar o aprendizado.

O grupo GIS (Grupo de Inovação Social) ministra aos sábados, de 14h às 17h, na própria escola, cursos de inglês, coaching em liderança, técnicas de venda, noções de direito do trabalho e preparação profissional nível 15.

São cinco salas de aula funcionando simultaneamente, atendendo uma média de 25 alunos, também de outras escolas da região, como a Marcelo Cândia e Marcos Freire.  As aulas são gratuitas. A escola Jorge Teixeira vem apoiando a iniciativa e garantindo as condições necessárias, como espaço e materiais para que eles possam realizar suas atividades.

No próximo sábado (9), acontece o encerramento dos cursos com entrega de certificados para os alunos. Quando termina uma turma, o grupo se organiza e planeja novos cursos, sempre de acordo com o planejamento da escola.

Os voluntários do GIS são os professores Valdemir Martins e Wander Pereira, formados em administração. Eles ministram o curso de preparação profissional, com noções de como entrar no mercado de trabalho. Segundo eles, é a preparação dos alunos para aprimorar suas habilidades para executar funções especificas de demandas pelo mercado de trabalho.

Gente de Opinião

Adolescentes têm aulas aos sábados

O curso sobre técnicas de venda e excelência é ministrado pelo professor Vitor Hugo, que já trabalha nesta área, com treinamento e consultoria. Ele explicou que são três pontos principais repassados para os estudantes: atendimento, técnicas de venda (que são as ferramentas) e o processo de venda (que é a negociação). “Vendas nada mais é do que prática e experiência”, reforçou Hugo, acrescentando que o interesse dos alunos é muito grande, uma vez que a maioria precisa conseguir um trabalho.

Outro exemplo de dedicação é da professora do Sesi Juliana Padua, que deixa para trás todas as suas atividades do sábado para se dedicar como voluntária do GIS. Ela ministra o curso de inglês para uma turma de jovens daquela comunidade e levou mais uma voluntária para ajudar no seu trabalho, a norte-americana Naomi Israel, para fazer conversação básica com seus alunos. Naomi Israel é coordenadora de Intercâmbio da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero).

O curso sobre direito do trabalho é ministrado pelo advogado Mayclin Melo de Souza. Ele prepara os alunos com esclarecimentos sobre jornada de trabalho, a respeito dos seus direitos enquanto trabalhador, o que diz a lei sobre o assunto, de forma que eles possam compreender como funciona o sistema. “Se as pessoas souberem dos seus direitos, serão menos ações no Ministério do Trabalho”, explicou Mayclin.

O primeiro professor a acreditar no grupo GIS foi Cordeiro Júnior, da Universidade Federal de Rondônia, que ministra o curso de coaching em liderança, uma ferramenta que ajuda no desenvolvimento e capacidade humana, com  motivação pessoal e alta liderança.

Gente de Opinião

Débora Honorato com o professor Cordeiro Júnior, primeiro voluntário do GIS

“Sou muito grato por fazer parte do grupo GIS. Me encanto vendo os benefícios que esses jovens universitários estão proporcionando para estudantes que querem melhorar seu aprendizado”, destacou Cordeiro Júnior.

Para a estudante do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Jorge Teixeira, Beatriz Canoe, 17, que sonha entrar numa faculdade de medicina veterinária, os cursos do GIS foram as melhores oportunidades que aconteceram na sua vida. Ela diz se sentir motivada, pois foi escolhida como encarregada de fazer a divulgação dos cursos na escola, o que ajudou muito a falar em público. “Fico emocionada quando vejo novos alunos participando dos cursos aqui na escola. Isso significa que estou divulgando bem o trabalho do GIS”, acrescentou.

GRUPO GIS

O grupo GIS, que existe há mais de 1 ano, é formado por jovens universitários, ex-alunos da Escola Estadual Jorge Teixeira, localizada no bairro Ulisses Guimarães, com a ideia totalmente voltada para educação como transformação de vida, colocar nos alunos o sonho de uma vida melhor.

Débora Honorato, 23, hoje advogada, estudou dos 11 aos 18 anos na Escola Jorge Teixeira e foi umas das idealizadoras do GIS, que conta também com a participação de profissionais de diversas áreas, como enfermeiros, administradores de empresa, químicos e biólogos; e estudantes universitários de economia, engenharia elétrica, educação física, todos moradores da zona Leste.

Quando o GIS foi criado, a ideia inicial era ministrar apenas palestras na escola, como as preparatórias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Depois de três meses, o desafio foi bem maior do que o próprio grupo imaginava, foi quando surgiram os professores voluntários que acreditaram no trabalho deles, sendo o professor Cordeiro Júnior voluntário há ficar três meses dando capacitação em oratória.

Hoje o GIS contabiliza mais de 300 alunos capacitados em três escolas estaduais, com gasto zero, graças ao apoio da Escola Estadual Jorge Teixeira que disponibiliza toda sua estrutura, e dos professores da Unir.

A prestação de contas para os colaboradores é feita pelo Facebook do GIS, que divulga todas as atividades realizadas na comunidade.

Mas planos para o futuro é o que não faltam para os integrantes do GIS. Eles sonham montar uma instituição de ensino na zona Leste para atender de graça toda comunidade.


Fonte
Texto: Marilza Rocha
Fotos: Admilson Knightz
Secom - Governo de Rondônia

Mais Sobre Educação

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Campus Porto Velho Calama abre seleção para Pós-Graduação Lato-Sensu em ensino de Ciências e Matemática

Por meio do Departamento de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Depesp), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia-IFRO, Cam