Porto Velho (RO) segunda-feira, 29 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Estudantes receberão este mês bolsas de pós-graduação com valores reajustados


Mariana Tokarnia
Agência Brasil

Brasília - A partir deste mês, estudantes passam a receber as bolsas de pós-graduação com os valores reajustados. Para os alunos, mesmo com o aumento, o valor é insuficiente para pagar as contas, ter condições de viajar, apresentar trabalhos, comprar livros e se dedicar exclusivamente à pesquisa. Entidades que atuam no setor pedem melhores condições, mas a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) diz que tem que optar entre aumentar o valor ou a quantidade de bolsas e beneficiar mais estudantes.

A Associação Nacinal dos Pós-Graduandos (ANPG) quer maior valorização das bolsas, cujos reajustes recentes apenas cobriram parte das perdas inflacionárias e não significaram ganho real. Os estudantes reivindicam um índice de reajuste que garanta a constante valorização das bolsas e a diferenciação dos valores por estado, de forma que o que ganham seja suficiente para o sustento nas localidades que escolherem.

O vice-presidente da Regional Centro-Oeste da ANPG, Fábio Borges, diz que o aumento que passam a receber este mês é uma conquista, mas está aquém da necessidade dos estudantes. "Ainda está aquém do que deveria ser a pesquisa e a pós-graduação no Brasil, e o problema se intensifica com as desigualdades do custo de vida em diferentes regiões. Uma coisa é viver em Brasília, outra é viver no Recife e outra no interior do Espírito Santo. As assimetrias regionais deveriam ser consideradas ao se pensar o valor das bolsas".

Segundo o último levantamento, em 2012 foram 77,9 mil bolsas de pós no país ofertadas pela Capes. Somadas ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, foram 127 mil ofertadas em todas as modalidades. Pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), foram cerca de 81 mil bolsas oferecidas em todas as modalidades no mesmo ano, de acordo com o Ministério da Educação.

"Temos que escolher entre aumentar o valor e aumentar o número de bolsas. Optamos por aumentar a quantidade de bolsas", disse o presidente da Capes, Jorge Guimarães. De acordo com ele, 79% do orçamento da autarquia vão para o pagamento das bolsas. "A pós-graduação é um investimento pessoal e o governo ainda ajuda. Ser estudante não é profissão. É um investimento durante um período, mas que depois vai levar a muitas compensações, como salários mais altos", explicou.

Guimarães disse ainda que um índice não é uma proposta considerada viável, entre outros motivos, pela dificuldade de se aprovar no Congresso Nacional uma proposta nesse sentido e um orçamento voltado aos reajustes. A diferenciação regional, segundo ele, também não discutida pela Capes. Jorge Guimarães reforçou, no entanto, a importância dessa etapa de ensino: "Ter mais pós-graduados signifca sustentar o desenvolvimento do país com gente mais qualificada. A graduação oferece uma formação mais informativa. Já a pós é formativa, os estudantes estão se preparando para o mercado de trabalho".
 

Mais Sobre Educação

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) divulgou nesta quarta-feira, 24/11/2021, na Seção 3 do Diário Oficial da Un

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

O V Congresso Municipal de Educação iniciou, nesta quarta-feira (24), em Porto Velho. O evento reúne mais de 5 mil professores e diretores escolares p

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet, ou com dificuldades de manuseio de aparelho eletrônico, podem buscar, até a próxima sexta-feira (26), um do

Vencedores do prêmio Boas Práticas são anunciados durante Congresso Municipal de Educação em Porto Velho

Vencedores do prêmio Boas Práticas são anunciados durante Congresso Municipal de Educação em Porto Velho

Os dez vencedores da 3ª edição do prêmio Boas Práticas foram reconhecidos nesta quarta-feira (24). A premiação aconteceu durante a solenidade de abe