Porto Velho (RO) sábado, 27 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Estudantes disputam Olimpíada de Robótica



Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Cerca de 180 estudantes representando as 41 melhores equipes de escolas públicas e particulares de todo o estado do Rio de Janeiro que ganharam as respectivas etapas regionais disputam hoje (17), a partir das 10h, a prova prática da final estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica, considerado o maior evento estudantil de robótica da América Latina. A exemplo do que ocorreu no ano passado, a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) será sede da disputa. A competição em nível estadual ocorre também neste sábado em Fortaleza (CE).

Participam alunos desde o primeiro ano do ensino fundamental até o terceiro ano do ensino médio ou técnico. A prova prática é classificatória e definirá quem vai disputar a etapa nacional, em outubro, em Recife (PE), com representantes de todos os estados da Federação. Os aprovados na fase nacional disputarão a competição estudantil internacional RoboCupJr, em 2017, no Japão.

Vocação

Responsável pela etapa estadual do Rio de Janeiro, a professora Karla Figueiredo, do Departamento de Engenharia Elétrica do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC), disse ontem (16)  que a Olimpíada Brasileira de Robótica é fundamental para a vida dos estudantes porque, muitas vezes, eles nem sabem que gostam da área tecnológica até ter contato com ela. Quando a escola promove aulas de robótica e gera essa motivação, o estudante pode acabar inclusive descobrindo uma vocação.

“A Olimpíada Brasileira de Robótica, no fundo, é uma motivação para a realização do curso de robótica”, disse Karla. Os robôs desenvolvidos pelos alunos têm de ser capazes de realizar tarefas com sucesso. “Quanto mais sucesso, mais pontos e mais chances de o aluno ser selecionado em função do mérito, para chegar na etapa nacional”.

A professora Marley Vellasco, do CTC da PUC-RJ, também coordena o evento, que ocorre na universidade pelo segundo ano consecutivo. “Ano passado, a iniciativa foi um sucesso e é um prazer contribuir novamente para a Olimpíada Brasileira de Robótica. Os alunos adoram, aprendem e, mesmo com o clima de competição, tudo é muito positivo”. Segundo ela, além de desenvolver a parte científica, a competição desperta também a independência das crianças e jovens e a curiosidade de pesquisar. “As crianças devem trabalhar em equipe e aprender a lidar com angústias e frustrações. O aprendizado ultrapassa o conteúdo acadêmico e estimula, principalmente, a dedicação”.

A prova prática consiste em montar e programar um robô que seja capaz de executar atividades de resgate em situações que simulam desastres naturais, ultrapassando obstáculos. O robô tem ainda que identificar cores no menor tempo possível. As provas na etapa da PUC-RJ são as mesmas para o ensino fundamental, médio e técnico, variando apenas o nível de dificuldade.

A Olimpíada Brasileira de Robótica foi criada em 2007. É a primeira disputa de robótica que permitiu a participação de crianças menores de 9 anos. A competição é aberta para escolas públicas e privadas de todo o Brasil. Como ocorreu no ano passado, cada equipe levará seu robô para participar das provas práticas no ginásio da PUC-RJ.

Mais Sobre Educação

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) divulgou nesta quarta-feira, 24/11/2021, na Seção 3 do Diário Oficial da Un

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

O V Congresso Municipal de Educação iniciou, nesta quarta-feira (24), em Porto Velho. O evento reúne mais de 5 mil professores e diretores escolares p

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet, ou com dificuldades de manuseio de aparelho eletrônico, podem buscar, até a próxima sexta-feira (26), um do

Vencedores do prêmio Boas Práticas são anunciados durante Congresso Municipal de Educação em Porto Velho

Vencedores do prêmio Boas Práticas são anunciados durante Congresso Municipal de Educação em Porto Velho

Os dez vencedores da 3ª edição do prêmio Boas Práticas foram reconhecidos nesta quarta-feira (24). A premiação aconteceu durante a solenidade de abe